Anúncios

Instituto Geográfico Nacional da Espanha/Divulgação

Geólogos realizam medições frequentes da temperatura da lava que está escorrendo pela ilha de La Palma, no arquipélago das Canárias, com a erupção do vulcão Cumbre Vieja. Pesquisadores utilizam os dados de temperatura do magma, dentre outros, para prever a evolução dos rios incandescentes que deixam o vulcão e que alcançam casas e rodovias com muita destruição. As medições têm indicado temperatura acima de 1000ºC com alguns registros de até 1100ºC após a intensificação da erupção.

A lava é um material quente e fluido que um vulcão pode liberar de forma não explosiva. Desliza pelas encostas da edificação vulcânica, podendo cobrir grandes áreas nas proximidades da erupção. Quando a lava emerge para a superfície em uma erupção vulcânica, a temperatura pode variar de 800ºC a mais de 1.000ºC.


No entanto, essas temperaturas máximas são geralmente atingidas quando ocorrem fluxos piroclásticos, fluxos turbulentos que contêm partículas finas, gases, material vulcânico ou fragmentos de rocha que podem avançar a velocidades entre 10 metros por segundo e 300 metros por segundo.

Instituto Geográfico Nacional da Espanha/Divulgação

A densidade da lava pode variar entre fluxos muito densos, que em seu movimento acompanham a topografia do ambiente, ou fluxos menos densos que podem se mover em qualquer tipo de topografia e se transportar acima da água.

As propriedades físicas da lava (especialmente a sua viscosidade), a variação da temperatura durante o seu percurso, o volume de material emitido e as características do terreno por onde corre influenciam a morfologia final que adquirem.

Assim, as lavas muito fluidas se espalham rapidamente, cobrindo grandes áreas com pequena espessura e as mais viscosas, com maior altura, percorrem menor distância. Logo, as lavas extremamente viscosas permanecem no próprio centro de emissão. A lava perde temperatura à medida que se afasta do cone, e porque tem que passar pelo “grande volume” de material já depositado, que também esfriou na superfície. Por isso, no começo da erupção do Cumbre Vieja, quando a lava era mais viscosa, formaram-se paredes de magma que se resfriou de até 15 metros. Com a nova fase explosiva da erupção, já liberado o material mais viscoso do começo da erupção, a lava passou a ser mais fluida, o que permitiu alcançar o mar.


A temperatura da lava depende da temperatura inicial de fusão da rocha e do tempo em que sobe à superfície. Assim, a medição mais alta em um vulcão atingiu aproximadamente 1170ºC e a mais baixa cerca de 400ºC. Por isso, cientistas prestam muita atenção na temperatura da lava.

É muito difícil derreter pedras porque elas são muito fortes. Nas profundezas da Terra, geralmente a cerca de 150 quilômetros de profundidade, a temperatura é alta o suficiente para que uma pequena parte das rochas comece a derreter. Uma vez que isso aconteça, o magma (rocha derretida) irá subir em direção à superfície. No fundo da terra, as temperaturas são tão altas que todo o núcleo externo está derretido. O núcleo interno é feito de diferentes produtos químicos, portanto, eles não são fundidos.

Anúncios