Anúncios

Equipes de resgate examinam uma área inundada devido às chuvas torrenciais no subúrbio de Camden, em Sydney, neste domingo. Milhares de australianos foram obrigados a evacuar suas casas em Sydney e seus arredores pelas intensas precipitações e enchentes | MUHAMMAD FAROOQ/AFP/METSUL METEOROLOGIA

Milhares de australianos foram obrigados a deixar suas casas em Sydney neste domingo por conta de chuvas torrenciais que atingiram a maior cidade do país. AS enchentes inundaram seus arredores e algumas áreas ficaram isoladas. Estradas em toda a cidade foram cortadas e as autoridades disseram que pelo menos 18 ordens de evacuação estavam em vigor no oeste de Sydney, uma área que havia sofrido com graves inundações em março.

“Esta é uma situação de emergência com risco de vida”, disse Stephanie Cooke, ministra de serviços de emergência do estado de Nova Gales do Sul, a repórteres. A Austrália está no auge das mudança climáticas, com secas, incêndios florestais mortais, eventos de branqueamento na Grande Barreira de Corais e inundações se tornando mais comuns e intensas à medida que os padrões climáticos globais mudam.

Com a expectativa de tempo mais severo nos próximos dias, Cooke descreveu as inundações como uma “situação em rápida evolução” e alertou que as pessoas devem estar “preparadas para evacuar em curto prazo”.

A barragem de Warragamba da cidade começou a verter água nas primeiras horas da manhã de domingo, disse ela, bem antes das previsões das autoridades. Enquanto em Camden, um subúrbio do Sudoeste de Sydney que é lar para mais de 100 mil pessoas, lojas locais e um posto de gasolina foram inundados pelas águas da enchente.


Cooke pediu àqueles que vivem ao longo de um trecho de 500 quilômetros da costa Leste da Austrália, ao Norte e ao Sul de Sydney, que considerem o cancelamento de seus planos de viagem de férias escolares por causa do clima. Os serviços de emergência realizaram 29 resgates de enchentes e foram chamados mais de 1.400 vezes nas 24 horas anteriores, disse ela. É o segundo grande evento de extremo de chuva no Leste australiano neste ano. As enchentes da costa Leste em março deixaram 20 mortos e provocaram uma declaração nacional de emergência.

De acordo com o portal WeatherZone, os acumulados de chuva foram extraordinários na região. Chuvas generalizadas de 100 mm a 300 mm atingiram gande parte de Sydney e Illawarra. Algumas áreas acumularam de 300 mm a 600 mm em apenas um ou dois dias, o que é muito incomum. A quantidade de chuva é três a seis vezes a média mensal para a maioria das áreas.

Brogers, na reião de Kangaroo Valley, teve impressionantes 595 mm. Os 521 mm em Wattamolla (Kangaroo Valley) foram a maior precipitação em 48 horas no local em pelo menos 30 anos. Foi a maior chuva em 45 anos em Kenlyn com 193 mm em 24 horas. Em 36 anos em Wedderburn com 216 mm em 24 horas. De 31 anos em Audley com 234 mm em 24 horas. E em 30 anos em Darkes Forest com um acumulado de 298 mm em 24 horas. Em Albion Park, o acumulado de 348 mm em apenas um dia foi o mais alto em 20 anos.

Anúncios