Anúncios

A MetSul Meteorologia alerta para o alto risco de novas ocorrências de tempestades severas isoladas no Sul do Brasil com potencial de causar estragos por chuva forte, vento e granizo. Os temporais, de caráter muito localizado, em alguns pontos podem ser fortes a severos com risco de trazer danos.

Uma massa de ar quente atua sobre o Sul do Brasil, com maior intensidade sobre o Rio Grande do Sul, e com a presença de umidade na atmosfera se formam algumas nuvens com maior desenvolvimento vertical que trazem estas ocorrências de temporais de verão isolados e que em alguns pontos causam danos.


A MetSul Meteorologia vinha alertando desde o começo da semana que o ar quente traria nestes dias temporais isolados de forte intensidade, especialmente em Santa Catarina e no estado do Paraná, o que acabou se confirmando.

Ontem, em Santa Catarina, uma violenta tempestade severa castigou o município de Xanxerê com destelhamentos e alagamentos. A Defesa Civil da cidade realizou a entrega de 480 metros de lona para moradores que foram atingidos pelo temporal.


O temporal em Xanxerê despejou 60 mm de chuva em menos de meia hora e veio com um vendaval isolado que destelhou empresas e residências. O vendaval chegou a arrancar parte da cobertura de um barracão de uma empresa no bairro João Winkler, atingindo residências próximas e rede de alta tensão.

Além da empresa, outras casas receberam lonas devido aos efeitos da tempestade. No momento do vento destrutivo, funcionários estavam trabalhando na unidade da empresa. No entanto, conforme a Defesa Civil municipal, apesar do susto e dos graves danos materiais com desabamento de parte do prédio, ninguém se feriu.

PREFEITURA MUNICIPAL DE XANXERÊ/DIVULGAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE XANXERÊ/DIVULGAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE XANXERÊ/DIVULGAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE XANXERÊ/DIVULGAÇÃO

O temporal em Xanxerê tem muitas características de que tenha sido uma microexplosão, ou seja, uma corrente de vento violenta descendente que normalmente traz chuva intensa em curto período com rajadas de vento violentas equivalentes a de um tornado.

As condições atmosféricas estavam propícias na região para fenômenos severos localizados na tarda da terça-feira com ar quente e úmido. O mapa com o índice CAPE (Convection Available Potential Energy) mostrava maior instabilidade exatamente sobre Santa Catarina e o Paraná.

O CAPE é um dos diversos índices de instabilidade usados em Meteorologia para se avaliar o risco de temporais. Quanto maior o valor do índice, mais alto o risco de tempestades numa atmosfera quente e úmida.

Temporais atingiram ainda o estado do Paraná. A capital Curitiba teve temporal com chuva forte e vento pelo segundo dia seguido, o que causou alagamentos e destelhamentos. Já no interior do Paraná, um vendaval isolado com características de gustnado atingiu o município de Guarapuava.

Novos temporais isolados fortes vão ocorrer

A MetSul Meteorologia alerta que novos temporais devem ser esperados no Sul do Brasil hoje e nos próximos dias com alto risco de que algumas tempestades isoladas sejam severas com chuva intensa em curto período, vendavais e queda de granizo. Uma massa de ar muito quente deve ganhar força e se expandir, gerando mais energia para temporais fortes.

Nesta quarta, entre a tarde e a noite, fortes áreas de instabilidade devem se formar sobre os estados de Santa Catarina e o Paraná com chuva localmente forte e tempestades localizadas. À noite, o tempo severo deve atingir mais o estado paranaense.

Amanhã, o risco de temporais é ainda mais isolado e novamente vai se concentrar nos estados de Santa Catarina e do Paraná. Na sexta, a probabilidade de temporais aumenta na Metade Norte gaúcha. Já no próximo fim de semana, o risco de tempo severo localizado cresce muito no Rio Grande do Sul e se mantém nos estados catarinense e paranaense.

De acordo com os dados dos modelos, o domingo será em particular um dia de elevado risco de tempo severo. Os índices de instabilidade, como o CAPE, projetados para o domingo são muito altos nos três estados do Sul e sugestivos de temporais mais fortes e numerosos.

No caso dos fenômenos mais severos, em se tratando de ocorrências localizadas, não é possível estabelecer quais cidades registrarão temporais muito intensos, mas apenas delimitar a região de risco. Somente no curtíssimo prazo, em previsão que é denominada em Meteorologia como nowcasting, é possível fazer alertas para municípios específicos a partir do monitoramento meteorológico por radares, satélites e sensores de descargas atmosféricas.

O mecanismo que forma os temporais

A combinação de umidade mais elevada com temperatura alta proporciona que as condições se tornem propícias para a ocorrência de temporais isolados de chuva torrencial com elevados volumes em curto intervalo, vento forte e granizo nesta época do ano.

Estes temporais se dão principalmente da tarde para a noite, quando se formam nuvens de grande desenvolvimento vertical pelo aquecimento diurno que gera movimentos convectivos (ar ascendente) na atmosfera.

A convecção forma nuvens do tipo Torre Cumulus (TCu) e Cumulonimbus (Cb) que causam os temporais localizados e não raro muitíssimo isolados. Localmente, alguns destes temporais podem ser fortes a severos mesmo com risco de danos.

Quanto mais quente e atmosfera e menor a pressão atmosférica, maior é o potencial para haja a formação de nuvens muito carregadas e mais alta a probabilidade de temporais localizados de maior severidade. O ar quente e a umidade são os combustíveis para tempo severo e dias de calor mais intenso apresentam maior probabilidade de tempestades se a atmosfera não estiver muito seca.

Como consultar os mapas

Todos os mapas neste boletim podem ser consultados pelo nosso assinante (assine aqui) na nossa seção de mapas. A plataforma oferece ainda mapas de chuva, geada, temperatura, risco de granizo, vento, umidade, pressão atmosférica, neve, umidade no solo e risco de incêndio e raios, dentre outras variáveis, com atualizações duas a quatro vezes ao dia, de acordo com cada simulação. Na seção de mapas, é possível consultar ainda o nosso modelo WRF de altíssima resolução da MetSul.

Anúncios