Anúncios

Grande parte de Portugal se cobriu de branco nas últimas horas com a primeira precipitação de neve de maior intensidade deste inverno no país da península ibérica. O temporal branco (nevão) atingiu prinicipalmente cidades do Centro para o Norte português e foi mais intenso nas áreas de maior altitude como da Serra da Estrela.


A cidade da Guarda, por exemplo, despertou coberta de neve. Apesar de as estradas estarem congeladas, a circulação foi possível graças a uma equipa de limpeza organizada pelo governo local.

Várias escolas e estradas do distrito de Viseu foram fechadas devido ao chamado nevão, termo usado pelos portugueses. Em Castro Daire, a neve chegou a atingir meio metro de altura, e por isso muitas pessoas não conseguiram retirar os carros do estacionamento para irem trabalhar.

No distrito de Vila Real, em municípios como Monte Alegre, Vila Pouca de Aguiar e Boticas, os transportes escolares e as atividades letivas foram suspensas, deixando em casa centenas de alunos, e condicionando a circulação rodoviária.

“A evolução do estado do tempo está a ser acompanhada em tempo real assim como as equipes estão no terreno para o mais rapidamente possível restaurar condições de segurança para a normal circulação nas vias e assegurar a mobilidade de todos”, afirmou em comunicado a Proteção Civil Municipal de Montalegre.

Em outros locais mais ao Norte de Portugal, as imagens compartilhadas nas redes sociais mostravam o manto branco que cobriu várias localidades: Em Fafe, no distrito de Braga, as estradas estiveram transitáveis, mas o impacto da neve levou a cuidados redobrados. A neve chegou mesmo até Coimbra, cobrindo de branco a Serra da Lousã.

Em Lisboa, a previsão de máxima para esta quarta-feira do IPMA, o serviço meteorológico oficial, era de apenas 12ºC. Nos próximos dias, a capital portuguesa deve seguir com frio com  madrugadas de até 4ºC a 5ºC e tardes de 15ºC a 17ºC.

A neve forte e em cotas de altitude mais baixas foi resultado de uma potente incursão de ar polar marítima que trouxe temperaturas de até -30ºC no nível de 500 hPa, equivalente a cinco mil metros de altitude. Havia ainda uma área de baixa pressão que contribuiu com a instabilidade.

As condições para a neve permanecem em algumas áreas de Portugal ainda nesta quinta, mas na maioria dos locais a neve cessa. Nos próximos dias, a temperatura vai estar em elevação no território português, mas ainda com marcas baixas e invernais com provável geada em muitos pontos. (Com foto de capa do Município de Covilhã)

Anúncios