Anúncios

As duas maiores cidades de Santa Catarina estão em situação de emergência em razão de um evento excepcional de chuva que atinge o Leste e o Nordeste catarinenses desde o começo da semana. Depois do decreto de emergência de Joinville, a maior cidade do estado, foi a vez de Florianópolis recorrer à medida emergencial.


O anúncio da decretação de emergência na capital catarinense foi feito nas redes sociais pelo prefeito Topázio Neto na manhã desta quinta-feira. “Decretei situação de emergência em Florianópolis. Percorremos a cidade durante a madrugada e estamos aproveitando claridade agora para avaliar melhor os impactos. Foco hoje é assegurar vidas! Aulas suspensas e problemas com mobilidade. Evite deslocamentos. Hoje o tempo melhora”.

A Universidade Federal de Santa Catarina e a rede municipal de ensino de Florianópolis estão com as aulas suspensas pela chuva. Desde ontem a cidade enfrenta muitos pontos de inundação e alagamentos em consequência dos volumes extremos de chuva.

O acumulado em pontos da ilha se aproxima dos 400 mm desde o começo desta semana, mas na região da Grande Florianópolis os volumes são ainda maiores e estão entre 500 mm e 600 mm desde o fim de semana.

Em Palhoça, na Grande Florianópolis, a situação é grave. Há muitos pontos de alagamentos e as aulas foram suspensas. O município decretou situação de emergência. As águas da chuva chegaram a alagar um shopping center do município.

REDES SOCIAIS

Um idoso de 70 anos morreu eletrocutado no bairro Jardim Eldorado, em Palhoça. A vítima teria chegado ao trabalho às 7h de hoje e, no momento que tentou entrar no local pelo portão, recebeu uma descarga elétrica.

Diversas cidades catarinenses já decretaram situação de emergência devido às fortes chuvas que castigam o estado desde o começo da semana. Conforme a última parcial da Defesa Civil, Araquari, Joinville, São Bento do Sul, Luiz Alves, Corupá, Guaramirim, Rio dos Cedros, Campo Alegre e Santo Amaro da Imperatriz já haviam emitido decreto.

Nas últimas horas outros municípios, da Grande Florianópolis, também decretaram emergência: Antonio Carlos, São José e Palhoça, que ainda não constam nos relatórios da Defesa Civil, mas devem ser incluídos nas próximas horas. Conforme o órgão, os municípios de Timbó, Rancho Queimado e Schroeder estão providenciando documentos para também decretar emergência.

Anúncios