Anúncios

Fortes áreas de instabilidade associadas ao ar quente e úmido na região atuam na metade da manhã deste domingo no Oeste do Rio Grande do Sul com chuva localmente forte e alguns temporais isolados. A região entre Santana do Livramento e Uruguaiana já havia registrado instabilidade com chuva e rajadas de vento durante as primeiras horas do dia. Nesta manhã, a instabilidade ganhou mais força. Enorme paredão de nuvens em temporal foi fotografado pelo colaborador Werner Filho na BR-472 por volta das 9h deste domingo entre Barra do Quaraí e o município de Uruguaiana (foto e radar meteorológico).



Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas


A MetSul alerta para instabilidade isolada na Metade Oeste do Estado, mais intensa na área de Uruguaiana, durante a manhã deste domingo. Da tarde para a noite, o forte calor estimulará a formação de nuvens bastante carregadas na maioria das regiões gaúchas, o que vai trazer elevado risco de chuva localmente forte a torrencial com altos volumes em curtos períodos. Será significativo ainda o risco de temporais localizados com queda de granizo e vendavais, advertindo-se que alguns podem ser intensos a severos com potencial de danos. O calor vai ser intenso antes da chuva em muitos locais do Centro e do Oeste com marcas perto ou acima de 35ºC. Preocupa ainda grande parte desta semana com a persistência do cenário favorável ao registro de chuva forte e tempo severo. Modelos indicam a possibilidade de elevados volumes de chuva no Rio Grande do Sul nos próximos dias (100 mm a 200 mm em alguns locais com registros localmente superiores), mas discrepam bastante quanto à distribuição espacial (onde chove) dos mais altos índices de precipitação. O risco de chuva excessiva parece ser maior em nossa análise para o Sudoeste do Estado (área de Uruguaiana a Livramento) e do Centro para o Sul do Estado, apesar de não ser possível afastar chuva forte a intensa em nenhuma área do Rio Grande do Sul. Até quarta-feira parte do Estado estará sob influência de massa de ar quente e úmido, esperando-se o ingresso de ar mais frio com troca de massas de ar na maioria das regiões no final da quarta e durante a quinta com chuva forte, temporais queda de temperatura.

Anúncios