Anúncios

Em um 24 de agosto como hoje, em 1984, nevava em muitas cidades do Rio Grande do Sul e também em Porto Alegre. Os flocos começaram a cair no meio da tarde na Capital, quando a chuva se transformou em neve após a temperatura cair de forma impressionante para apenas 2ºC. O fenômeno foi observado em várias outras regiões gaúchas, mesmo em cidades perto do nível do mar, do Sul ao Norte gaúcho. Em Porto Alegre, a neve foi mais forte nos morros da cidade, mas flocos foram observados por toda a cidade e até na Rua da Praia, no Centro. Foi uma precipitação com menos de uma hora de duração na cidade, mas a neve foi suficiente para acumular em carros e na vegetação em alguns bairros.

Em 2017, nada de frio, nada de neve. Massa de ar quente cobre o território gaúcho e proporciona uma jornada de temperatura elevada para a época do ano. Máximas acima dos 30ºC em várias localidades, como dos vales, Grande Porto Alegre, Centro do Estado e o Noroeste gaúcho. Os termômetros podem indicar 32ºC a 34ºC na região de Santa Rosa e 30ºC a 32ºC em Porto Alegre e pontos da área metropolitana.


O sol predomina no Rio Grande do Sul nesta quinta-feira, mas nuvens altas do tipo Cirrus invadem o território gaúcho. Maior presença de nuvens no Norte, Oeste e no Sul, não podendo se descartar instabilidade isolada em áreas próximas da fronteira com o Uruguai, no Oeste e no Norte do Estado. O amanhecer ameno pode ter bancos de nevoeiro e neblina, mas somente em pontos localizados. O vento sopra do quadrante Norte por conta da advecção de ar quente que eleva a temperatura.


 

Nuvens altas do tipo Cirrus são esparadas hoje em Porto Alegre e no interior (Fernando Oliveira)

Anúncios