Anúncios

Neve chegou a cobrir de branco a vegetação em pontos de São Joaquim | Mycchel Legnaghi/São Joaquim Online

A neve caiu pela primeira vez no ano hoje no Brasil e nos três estados do Sul, tal como era previsto pela MetSul Meteorologia. No Rio Grande do Sul, a precipitação foi muito inexpressiva durante a tarde com alguns poucos flocos em São José dos Ausentes, onde de manhã já havia ocorrido chuva congelada. 

A temperatura durante o dia em Ausentes ficou a maior parte do período entre 1ºC e 3ºC. A precipitação foi muito fraca na região porque, como esperado, a instabilidade maior estava ao Norte, sobre Santa Catarina e o Paraná.


Pequenos e poucos flocos caíram em São José dos Ausentes | Aline Ramos/Prefeitura Municipal

A maior instabilidade da atmosfera com precipitação ao interagir com o perfil por demais frio da atmosfera trouxe neve em Santa Catarina e no Paraná. No estado paranaense, os flocos caíram na área de Palmas, no distrito de Horizonte, chegando a branquear parte da vegetação. 

Houve ainda registro de chuva congelada em diversos pontos do Centro, Sul e o Sudoeste do Paraná com registros em Palmas, General Carneiro, Pato Branco, Enéas Marques e Renascença.

No Planalto Sul Catarinense, por sua vez, a neve foi mais forte após uma manhã que teve chuva congelada em diferentes municípios, inclusive em Lages. Os flocos caíram em São Joaquim, Urubici e Bom Jardim da Serra. Em determinados momentos, a neve chegou a ter até intensidade fraca a moderada em alguns pontos, o que permitiu que houvesse uma leve acumulação sobre a vegetação.

Com a neve acumulada sobre os carros foi possível até improvisar um boneco na cidade de São Joaquim. Mesmo não tendo sido uma neve forte com maiores acumulados, foi o suficiente para fazer a alegria de moradores e de turistas que estavam na região do Planalto Sul.

Com a neve foi possível improvisar um boneco de neve em São Joaquim | Mycchel Legnaghi/São Joaquim Online

As condições de neve persistem nesta noite, especialmente entre Santa Catarina e o Paraná com a manutenção da instabilidade nos dois estados e a chegada de ar ainda mais frio em altitude, o que pode favorecer novas ocorrências de flocos e chuva congelada em diferentes pontos.

Previsão é de mais neve

A possibilidade de neve persiste nesta terça-feira principalmente em áreas mais ao Norte dos Aparados da Serra, em municípios como Vacaria, São José dos Ausentes e Bom Jesus, e ainda no Planalto Sul Catarinense. O modelo WRF indica neve para o período final da madrugada e o começo da manhã da terça nestas regiões (mapas) e novamente à noite.

Dados indicam ainda uma chance menor de neve no começo da quarta nos Aparados e no Planalto Sul de Santa Catarina. É o caso do modelo WRF. Qualquer ocorrência no início da quarta, entretanto, deve ser menos relevante à medida que o ar frio estará em processo de enfraquecimento em altitude e as condições para a neve perdendo suporte em altura.

A terça-feira promete, contudo, ser interessante por um outro motivo. A neve desta segunda foi resultado da interação do ar gelado com uma frente fria que estendia do Mato Grosso do Sul até o extremo Nordeste do Rio Grande do Sul, passando por Santa Catarina e o Paraná. Nesta terça-feira entrará em cena uma nova componente para trazer instabilidade e propiciar neve e outros fenômenos invernais.

Será a circulação de umidade de um ciclone extratropical intenso que estará a Leste e Sudeste do Chuí. A instabilidade associada às nuvens da circulação favorecerá a queda de neve nos Aparados e no Planalto Sul Catarinense, e não se pode descartar a queda de flocos até em pontos da Serra do Sudeste e da Campanha, além de chuva congelada isolada em diferentes regiões do Rio Grande do Sul, sobretudo no Sul gaúcho.

Temperatura cai mais e terça-feira será ainda mais fria

A parte mais intensa da massa de ar polar atua em parte desta terça no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e o Paraná, sobretudo na madrugada e de manhã, trazendo mais um dia gélido. O sol aparecerá em grande parte do território gaúcho, mas a circulação de intenso ciclone no oceano traz aumento de nuvens com períodos de nublado a encoberto em muitas regiões.

O vento mais forte vai coincidir justamente com o momento de máxima intensidade do ar frio sobre o Estado entre a madrugada e a manhã desta terça, assim que o aumento de nuvens e o vento trarão sensação térmica baixíssima ao longo desta terça-feira e máximas ainda mais baixas que hoje.


A máxima na rede do Instituto Nacional de Meteorologia hoje no Rio Grande do Sul foi de apenas 12,8ºC em Teutônia, mas quase todo o interior tinha entre 5ºC e 10ºC hoje à tarde com 1,9ºC em São José dos Ausentes às 15h. A máxima na Capital foi de 11,6ºC na estação do Instituto Nacional de Meteorologia, no Jardim Botânico.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

No Vale do Sinos, a temperatura máxima na estação de topo do bairro de Lomba Grande, em Novo Hamburgo, foi de 12,1ºC. É a menor máxima do ano e a mais baixa na localidade desde 12 de agosto de 2020, quando fez 10,7ºC. 

Anúncios