Uma massa de ar frio começa a ingressar no Rio Grande do Sul depois de dias seguidos em que a temperatura esteve elevada com máximas acima de 30ºC que caracterizaram o veranico de maio. O ar frio e de alta pressão atmosférica chega pelo Sul gaúcho e trouxe muito frio e neve na Patagônia.

Depois da neve da quinta-feira e ontem, o tempo abriu com sol hoje em Bariloche com uma mínima de 6,1ºC abaixo de zero. A mínima nacional da Argentina deste sábado, entretanto, se deu em Maquinchao, província de Rio Negro, com 9,4ºC negativos.


Mesmo com sol, a temperatura durante a tarde não passou de 14ºC no Aeroporto de Ezeiza, na Grande Buenos Aires. No fim da tarde, o aeroporto internacional já estava com 10ºC. Ezeiza pode amanhecer com 1ºC ou 2ºC.

A massa de ar frio está associada a um grande centro de alta pressão que no decorrer deste domingo vai estar sobre a região do Rio da Prata, entre Montevidéu e Buenos Aires, com 1.025 hPa.

O impacto do ar frio, entretanto, não será tão grande no Rio Grande do Sul como no Uruguai e na Argentina. Muito pelo contrário, na maior parte do Sul do Brasil não há qualquer previsão de frio mais intenso. As máximas declinam bastante, mas as mínimas não muito.


A exceção fica por conta do Sul gaúcho, da Campanha e da fronteira com o Uruguai, onde as madrugadas devem ser mais frias neste começo de semana. A madrugada mais fria deve ser a da segunda-feira, que pode ter geada e marcas de até 1ºC a 3ºC em pontos da Campanha e da fronteira com o Uruguai.

Previsão é de geada para a Campanha e fronteira com o Uruguai na madrugada da segunda | METSUL

Na região de Porto Alegre, a influência do ar frio será muito mais modesta. A madrugada mais fria será a de segunda com 12ºC a 13ºC no Jardim Botânico e inferior em bairros do Sul e do Leste da cidade. Nos dias seguintes, as mínimas se elevam.

Nos Aparados da Serra, região mais alta do Rio Grande do Sul, as madrugadas mais frias vão ser as de segunda e, sobretudo, terça com menos de 5ºC em alguns pontos. O mesmo se prevê para o Planalto Sul Catarinense.

Projeção de temperatura do modelo Icon para a madrugada da segunda | METSUL

Neste domingo, a nebulosidade será menor e o sol aparece desde cedo no Oeste e no Sul do estado com o avanço de ar mais seco e frio de alta pressão atmosférica. Nas demais regiões gaúchas, entretanto, o tempo ainda terá muitas nuvens.


A Metade Norte passará grande parte do domingo com abundante nebulosidade e céu nublado a encoberto com chuva e garoa em alguns momentos, sobretudo mais ao Norte e o Nordeste gaúcho, em áreas como a Serra, os Campos de Cima da Serra e o Litoral Norte.

Porto Alegre e região terão muitas nuvens ainda no começo do dia e não se descarta garoa, mas no decorrer do dia a nebulosidade entra em gradual diminuição e o sol aparece.

A temperatura segue caindo no Rio Grande do Sul e o dia será ameno com frio no começo e no fim do dia, especialmente no Sul do estado, na Campanha e fronteira com o Uruguai, onde pode fazer 7ºC a 8ºC no começo e no final do dia.

Em Porto Alegre e área metropolitana, onde as máximas não vão passar de 18ºC ou 19ºC na maioria dos pontos na tarde deste domingo, o dia termina com 13ºC a 14ºC em diversos locais.

Na Serra e nos Aparados da Serra, este domingo será marcado pelo predomínio do tempo nublado a encoberto com nevoeiro em diferentes pontos. Chove ou garoa em vários locais da região serrana em parte do dia. Será um dia frio na região com marcas quase o dia todo abaixo de 10ºC nos locais de maior altitude dos Aparados. À tarde, na Serra, várias cidades estarão com apenas 11ºC a 13ºC.