Anúncios

Manhã desta segunda teve muito orvalho, neblina e nevoeiro na Grande Porto Alegre | Jauri Belmonte/Jornal NH

A Grande Porto Alegre teve uma manhã de muita umidade. Neblina e nevoeiro marcaram presença em toda a região metropolitana com forte restrição de visibilidade horizontal em alguns pontos. A MetSul havia antecipado em seus prognósticos que a Grande Porto Alegre teria um começo de segunda-feira cinzento com alta umidade, nevoeiro e neblina.


A base aérea de Canoas registrou ocorrência de nevoeiro até pouco depois das sete da manhã de hoje e o menor valor de visibilidade reportado foi de 300 metros às seis da manhã. Já no Aeroporto Salgado Filho, a neblina começou a se formar ainda no final do domingo e no começo da madrugada de hoje. Entre três e quatro da manhã a restrição de visibilidade aumentou e passou a haver nevoeiro, o que ocorre quando a visibilidade é inferior a mil metros. O mínimo no Salgado Filho foi de 400 metros. Na sequência, a visibilidade tornou a aumentar e o aeroporto novamente passou a reportar neblina.

Com o avançar da manhã, como esperado, a neblina se dissipou dá lugar ao sol que vai garantir uma tarde de temperatura alta e acima da média do mês de julho em Porto Alegre e na região metropolitana. A máxima na Grande Porto Alegre pode bater em 25ºC, quando a média máxima nesta época do ano está ao redor dos 19ºC ou 20ºC.


A MetSul antecipa que a terça-feira pode voltar a ter formação de nevoeiro ou neblina entre a madrugada e o começo da manhã na capital gaúcha e na Grande Porto Alegre, assim como em outros pontos do Rio Grande do Sul, especialmente do Centro e do Leste do Estado. De acordo com a climatologia histórica, o período de maio a julho é o de maior frequência de ocorrência de nevoeiro no ano em Porto Alegre e no Estado.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas
Anúncios