Anúncios

A estiagem que hoje castiga os Estados Unidos é mais ampla que a registrada em 1988, ano da seca histórica que trouxe enormes prejuízos para a agricultura norte-americana, segundo análise da MetSul. Quase todo território dos Estados Unidos enfrenta agora déficit de chuva, exceção da Flórida (atingida por volumes de chuva extremos na tempestade tropical Debby), a região do Noroeste do Pacífico (Oregon e Washibgton) e o estado do Maine, no Nordeste do país. O solo e o ar seco favorecem calor extremo e incêndios florestais, como os da semana passada no Colorado.



A seca de 1988 foi a mais severa no país desde 1977 e o Dust Bowl da década de 30, com prejuízos, por valores de hoje, estimados em até 120 bilhões de dólares. Foi o maior desastre natural nos Estados Unidos em prejuízo financeiro antes do furacão Katrina de 2005. Para a MetSul, a seca deste ano pode ser ainda pior que a do ano de 1988 em alguns estados norte-americanos, o que seguirá causando grandes oscilações no mercado de commodities agrícolas.

Anúncios