Anúncios

A MetSul alerta para uma sequência de dias de tempo instável e com chuva em parte do Sul do Brasil e que afetará mais algumas regiões dos estados de Santa Catarina e do Paraná com acumulados de precipitação elevados em alguns municípios e que devem superar os 100 mm.

Uma frente fria já traz chuva hoje para pontos de Santa Catarina e do Paraná, entretanto a instabilidade deve se reforçar sobre os dois estados da tarde para a noite desta quinta e, em especial, no decorrer da sexta-feira, quando pode chover forte em diferentes pontos.


Este episódio de chuva vai atingir áreas mais ao Nordeste catarinense, como as áreas de Joinville, Blumenau e São Francisco do Sul, assim como parte do Sul e do Leste do Paraná. Não será um evento de chuva generalizado nos dois estados e muitas cidades de Santa Catarina e do Paraná não devem ter precipitação ou apenas volumes baixos.

Todos os modelos numéricos coincidem em indicar que a região com maior propensão a ter acumulados altos de chuva é o setor Nordeste de Santa Catarina. A chuva não deverá se limitar ao período de hoje até sexta-feira, devendo prosseguir no fim de semana, o que aumentará ainda mais os índices pluviométricos.

O mapa abaixo mostra a projeção de chuva acumulada em 72 horas do modelo WRF, que está disponível ao assinante da MetSul na seção de mapas do site, entre 21h de terça-feira e 21h de sexta-feira. O modelo concentra os maiores volumes justamente no Nordeste de Santa Catarina.

Já o mapa abaixo traz o que o modelo meteorológico alemão Icon, igualmente disponível na seção de mapas da página, projeta de chuva acumulada até o começo da semana que vem. Da mesma forma, este modelo sinaliza que os maiores acumulados se dariam no setor Nordeste de Santa Catarina.

Os volumes em muitas cidades do Nordeste catarinense devem ficar entre 50 mm e 100 mm até o começo da próxima semana, mas em alguns pontos é provável que chova de 100 mm a 150 mm. Como se espera fluxo de umidade do mar para o continente, o que traz chuva de natureza orográfica (associada ao relevo), não se pode afastar o risco de que isoladamente ocorram acumulados mesmo superiores.


Esta instabilidade que atingirá Santa Catarina e o Paraná deve se estender também para parte do estado de São Paulo, alcançando o Sul e o Leste paulista. Na maior parte de São Paulo, porém, o tempo seguirá seco e com sol.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

O avanço de nuvens de Oeste para Leste sobre o Sul do Brasil pode trazer chuva no final da quinta e durante a sexta em pontos mais ao Norte do Rio Grande do Sul, em áreas próximas de Santa Catarina, como o Alto e Médio Uruguai, os Campos de Cima da Serra e praias mais ao Norte do litoral gaúcho.

Anúncios