Anúncios

Porto Alegre (foto) escapa da sequência de tardes escaldantes do Oeste gaúcho | ROSINARA FERREIRA

O Rio Grande do Sul quase todo terá calor até a metade da semana que vem, mas nem todo o Rio Grande do Sul terá uma onda de calor. Pode parecer contraditório, mas não é. Isso porque não basta que temperatura alta seja registrada à tarde para que se declare uma onda de calor, existem outros critérios que definem uma onda.

Para que seja configurada uma onda de calor são necessários ao menos três a quatro dias de sol, temperatura alta à noite e tardes muito quentes. Ou seja, não basta um ou dois dias de noites e tardes com temperatura alta. E as marcas não devem ser elevadas apenas à tarde, é preciso que as noites também sejam com mínimas altas.


É o que vem ocorrendo mais a Oeste do Rio Grande do Sul, mas não em todo o estado. Ontem, por exemplo, chegou a gear em pleno 6 de janeiro nos Campos de Cima da Serra, em São José dos Ausentes.

As mínimas da sexta-feira foram de 4,9ºC em Ausentes, 8,1ºC em Vacaria, 8,6ºC em Canela, 8,8ºC em São Francisco de Paula, 9,4ºC em Soledade, 9,7ºC em Bom Jesus e 9,9ºC em Cambará do Sul. Neste sábado, mínimas de 8,9ºC em Soledade, 9,2ºC em Monte Alegre dos Campos e 9,7ºC em São José dos Ausentes.


Geada em São José dos Ausentes em pleno 6 de janeiro | POUSADA VALE DAS TRUTAS

Tem feito frio à noite até em pontos da Grande Porto Alegre. Na madrugada de ontem, mínimas de 13,0ºC em Gravataí e 13,7ºC em Novo Hamburgo. Neste sábado, a temperatura desceu a 13,3ºC em Gravataí e 14,2ºC em Novo Hamburgo.

Já no Oeste, as mínimas não baixaram ontem de 20ºC com 22,3ºC em São Borja, 21,3ºC em Uruguaiana e 20,5ºC em São Luiz Gonzaga. Neste sábado, não desceram de 21,3ºC em São Borja e 20,7ºC em São Luiz Gonzaga.

Uma onda de calor em janeiro pressupõe ainda marcas muito altas. Não é apenas fazer calor, é preciso fazer muito calor à tarde. Porto Alegre ontem só chegou a 30,1ºC. Neste sábado, de novo, fica ao redor dos 30ºC. É calor, claro, mas abaixo da média histórica das máximas de janeiro de 31,0ºC na capital.

Calor mais intenso se limita ao Oeste gaúcho | METSUL

Já no Oeste, a sexta teve 37,5ºC em Quaraí, 37,4ºC em Uruguaiana e 36,3ºC em São Borja. Já neste sábado, as máximas novamente superam a cada dos 35ºC em municípios do Oeste, mais próximos da Argentina.

Nos próximos dias, o Oeste seguirá com máximas de 35ºC a 38ºC com marcas perto de 40ºC na terça e na quarta. Por outro lado, Porto Alegre terá máximas em torno da normalidade, de 29ºC a 32ºC, até terça. Somente na quinta da semana que vem o calor será excessivo com 36ºC a 37ºC, mas apenas um dia de calor intenso não preenche o critério de onda de calor.

Anúncios