Anúncios

Chuva, nevoeiro e frio em São Paulo. A tarde deste sábado sequer parecia do mês de outubro na capital paulista. Vários pontos da cidade foram encobertos por um denso nevoeiro que se intensificou durante a tarde. Ás 16h30, boletim meteorológico METAR do Aeroporto de Congonhas chegou a reportar visibilidade horizontal de tão-somente 200 metros, mas que se elevou para 800 metros na atualização das 17h.

Fazia 16ºC, mesma temperatura da Vila Inglesa, em Campos do Jordão, e 1ºC abaixo do que era registrado na estação do Instituto Nacional de Meteorologia na cidade da Mantiqueira. No Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo, não havia restrição de visibilidade. Chovia e garoava por toda a capital paulista e região metropolitana.

A instabilidade e o frio deste sábado na cidade de São Paulo e região eram previstos e a chuva vai prosseguir. Uma massa de ar frio atua no Oceano Atlântico gera fluxo de umidade do mar para o continente e favorece chuva. Ademais, áreas de instabilidade avançam do Mato Grosso do Sul e do Paraná em direção ao estado de São Paulo, igualmente favorecendo chuva. A instabilidade, inclusive, deve aumentar entre este domingo e segunda-feira no território paulista.


O tempo não firma até terça-feira na cidade de São Paulo. A possibilidade de aproveitar este feriadão com atividades de lazer externas está comprometida. A previsão é de chuva para este domingo, a segunda-feira e ainda na terça. A chuva no período é predominantemente fraca e em muitas horas na forma de garoa, contudo em alguns momentos a precipitação deve ser de moderada intensidade. No interior de São Paulo, a chuva deve ser mais volumosa.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas


Com o quadro reinante de instabilidade, a temperatura vai seguir baixa para esta época do ano com mínima amplitude térmica e máximas que pouco se elevam durante a tarde. Somente na segunda metade da próxima semana, quando são previstos alguns dias de sol, se projeta que a temperatura possa se elevar mais na capital paulista. E será por pouco tempo. Isso porque os dados analisados pela MetSul indicam que na metade deste mês, no começo da segunda quinzena de outubro, terá início mais um episódio de dias seguidos com registros de chuva na cidade de São Paulo e que poderá ser seguido por uma massa de ar frio.

Anúncios