Anúncios

Mammatus impressionaram moradores da província argentina de Córdoba na tarde da ontem | Redes sociais

Os moradores de diversas cidades da província argentina de Córdoba se impressionaram na tarde do sábado com o céu tomado por nuvens muito diferentes do habitual, mas que são bastante conhecidas dos meteorologistas e dos aficionados por Meteorologia. São as nuvens do tipo Mammatus.

Redes sociais

Redes sociais

As nuvens Mammatus foram observadas em várias cidades como Villa Carlos Paz, Cosquín, Villa Giardino e outras localidades da província argentina de Córdoba. Os moradores da região, impressionados com o aspecto do céu, foram para as redes sociais publicar as fotografias e os vídeos que fizeram das formações.


Não é a primeira vez que o céu trouxe uma espetacular aparição de nuvens em forma de mama na província argentina de Córdoba. Todos os anos este tipo de nebulosidade costuma ser observado na região, mas nem sempre com aspecto tão impressionante como o registrado no dia de ontem.

Redes sociais

Redes sociais

Córdoba está no Centro da Argentina e é uma das áreas do país e da América do Sul em que o tempo costuma ser mais severo com alta frequência de tempestades fortes a intensas, algumas vezes violentas e com muitos danos. Isso porque a região sofre a influência de massas de ar frio que avançam de Sul e do Oeste a partir da Cordilheira dos Andes assim como as correntes de ar quente que avançam de Norte pelo interior do continente. O Projeto Relâmpago, que estudou tempo severo, teve como base Córdoba.

Temporais de frente fria trouxeram as Mammatus em Córdoba

A incrível aparição de nuvens Mammatus na tarde de ontem na província argentina de Córdoba coincidiu com a passagem de uma frente fria pela região que estimulou nuvens de grande desenvolvimento vertical na zona que trouxeram chuva forte, vendavais e granizo. Em alguns pontos, como em Las Bajadas, o granizo teve grande tamanho. A frente trouxe tempo severo ainda em outras províncias argentinas durante o sábado como Buenos Aires, La Pampa, Santa Fé e Entre Ríos.

O que são as nuvens Mammatus?

As nuvens Mammmatus são mais raras no inverno e costumam aparecer no período quente do ano entre a primavera e o começo do outono, especialmente no verão. Este tipo de nuvem está comumente associada à nebulosidade de grande desenvolvimento vertical formada pelo calor e a umidade que traz convecção, ou seja, o movimento ascendente do ar que gera nuvens de grande desenvolvimento vertical de tempestade. Já foram vistas, por exemplo, algumas vezes no Rio Grande do Sul.

O termo “Mammatus” deriva da palavra “mamma” pela associação ao formato de mamas ou seios. Formam-se por ar descendente, em contraste com a maioria das nuvens que são geradas por correntes ascendentes do ar. Este tipo de nebulosidade tende a ocorrer com maior frequência sob a bigorna associada a uma nuvem Cumulonimbus (Cb) e é observada geralmente depois da passagem de uma tempestade severa.


Em regra, as Mammatus aparecem na parte inferior de uma nuvem de temporal, entretanto podem ser vistas também junto a outros tipos de nuvens. Já foram observadas na alta, média e baixa atmosfera associadas a Estratocumulus, Altocumulus, Altostratus, Cirrus e Cirrocumulus. Em casos excepcionais, as Mammatus podem ocorrer em “trilhas de condensação” geradas pelos aviões no céu e mesmo em nuvens de poeira vulcânicas.

Se você ver nuvens Mammatus no céu, não se assuste. Apesar do aspecto que assusta e ao mesmo tempo impressiona, quando surgem no céu é um indicativo de que a tempestade ao qual estão associadas está em processo de enfraquecimento e que o risco de tempo severo na sua área está em diminuição.

Anúncios