Anúncios

Tornado surpreendeu moradores da província argentina de Mendoza ao se formar ontem. O fenômeno não provocou danos. A ocorrência se deu na localidade de El Sosneado, em área remota no interior da província.

As imagens do fenômeno mostram que o tornado não ocorreu a partir de uma supercélula de tempestade.

Com efeito, o que ocorreu foi um tornado não supercelular. No caso, se tratou do que em Meteorologia recebe o nome de landspout.

Tornado do tipo landspout – O que é isso?

O termo landspout é de do meteorologista Howard B. Bluestein e foi pra primeira vez usado em 1985. O tornado deste tipo não ocorreu sob a presença de mesociclone de uma tempestade.

Tornados desta natureza ocorrem em nuvens em fase de crescimento e desenvolvimento vertical do tipo cumuliforme. As nuvens Cumulus são aquelas com aspecto de algodões no céu. Este tipo de ocorrência meteorológica, em regra, é mais fraca que os tornados que são sob tempestades severas, entretanto são capazes de provocar danos.

Os landspouts são semelhantes na sua formação com as trombas d’água, os tornados que se formam sobre superfície de água. O termo em Inglês para tromba d’água é waterspput.

Os dois, com efeito, não raro têm a forma de um tubo helicoidal e altamente translúcido. Nem todos os landspouts são visíveis, e muitos são identificados apenas quando se observa a nuvem de detritos na superfície antes que preencham a coluna giratória de condensação e poeira.

Por fim, os landspouts são mais comuns em climas semiáridos caracterizados por bases de nuvens altas e alta instabilidade de baixo nível perto da superfície.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

É o caso, por exemplo, da região de Mendoza de clima mais seco. A região mais a Oeste da Argentina tem um clima mais árido e com menores índices anuais de chuva. O clima mais seco beneficia a produção de vinhos em Mendoza.

Anúncios