Anúncios

Uma tempestade explosiva  atingiu a província argentina de Mendoza na tarde de ontem. A chuva intensa com muito granizo ocorreu principalmente na área da Grande Mendoza, onde houve quedas de árvores, cabos de energia rompidos e ruas completamente inundadas. 

Os moradores de Godoy Cruz, Luján de Cuyo, Las Heras e do centro da cidade compartilharam fotos e vídeos de uma forte tempestade que aumentou com o passar dos minutos e inundou completamente o histórico Parque San Martín.

A avenida Emilio Civit, uma das principais da área central da capital Mendoza, tornou-se uma espécie de rio e os motoristas tiveram que parar nas áreas das calçadas para evitar que seus veículos fossem arrastados pela correnteza. 

A precipitação acumulada foi recorde para um dia de novembro nas estações do Aeroporto de Mendoza Aero com 75 mm e no Observatório de Mendoza com 56 mm. Choveu 30% da média anual de precipitação em duas horas. Meteorologistas destacam que é um exemplo do aumento da frequência de extremos de precipitação na região. 

O forte temporal que se abateu sobre Mendoza trouxe ainda muito granizo. As pedras de gelo chegaram a acumular e provocaram danos nos parreirais. Mendoza é a principal região produtora de vinhos da Argentina.

Anúncios