Anúncios

Passageiros e funcionários do aeroporto de Brisbane, capital do estado australiano de Queensland, passaram por um grande susto na manhã desta sexta-feira, hora local. Um tornado atingiu o aeroporto com a passagem de uma supercélula de tempestade pela região.

De acordo com o Bureau de Meteorologia da Austrália (BoM), a supercélula trouxe chuva intensa e fortes rajadas de vento. O serviço meteorológico australiano confirmou apenas uma hora depois do evento a ocorrência do tornado.

Ademais, informou que 101 milímetros de chuva foram registrados no aeroporto em uma hora na manhã desta sexta-feira. Este volume de precipitação em apenas uma hora em Brisbane tem um tempo estimado de recorrência de 50 anos.

O tornado tocou terra perto da pista. Carros de reboque usados para transportar bagagens foram virados pelo vento que também arrancou algumas árvores. Painéis da cobertura voaram dos telhados, expondo o interior do aeroporto à chuva intensa. Os hangares do aeroporto internacional também sofreram danos.

O Bureau de Meteorologia destacou que os tornados são um evento raro na zona e são formados pela combinação de atmosfera instável e uma corrente de vento ascendente. O tornado de hoje no aeroporto de Brisbane foi o quarto a atingir o estado de Queensland nesta semana.


Nos últimos dias, o granizo tem sido um fenômeno muito comum no estado australiano. Na terça, as localidades de Bloomsbury e Yalboroo, ao Norte de Mackay, foram atingidas por pedras de granizo de 16 centímetros, o que o BoM informou ter sido o maior granizo já observado na Austrália, batendo o recorde de 14 cm de uma pedra que caiu também em Queensland no ano passado.

Ao mesmo tempo, o calor segue sem dar trégua no Norte da Austrália. O Norte do país enfrenta vários dias seguidos com calor extremo com máximas que chegaram nesta sexta-feira em algumas estações a mais de 45ºC.

Anúncios