Anúncios

ABC/Reprodução

O recorde de maior pedra de granizo já registrada na Austrália pode ter sido batido, acreditam meteorologistas do país. Os profissionais dizem que há chance de recorde depois que pedras gigantes de gelo atingiram Yalboroo, ao Norte de Mackay, na tarde desta terça-feira, quebrando para-brisas e chamando a atenção de profissionais da Meteorologia no mundo inteiro. O recorde oficial de maior pedra de granizo até então na Austrália era de 14 centímetros.

O Bureau of Meteorology, órgão oficial de Meteorologia da Austrália, informou estar investigando os relatos das pedras gigantes e disse ter visto imagens confiáveis ​​de granizo medindo de até 16 centímetros de diâmetro, com relatos de até 18 centímetros, o que superaria o recorde anterior de 14 centímetros estabelecido nos subúrbios do Sudoeste de Brisbane nesta mesma época do ano em 2020.


“É muito impressionante – obviamente não para os residentes embaixo dele – mas um granizo muito impressionante”, disse o meteorologista sênior Dean Narramore.

As redes sociais foram inundadas com imagens de pedras de granizo, algumas claramente maiores do que a mão de um adulto. “Isso não é granizo. Isso é mais como uma geleira”, escreveu Karen Gillick na sua página do Facebook.

As tempestades devem se prolongar nas costas Sudeste e Central do estado de Queensland nesta quarta-feira com possibilidade de novas ocorrências de granizo grande a gigante. Há risco de tempestade em Sydney. Uma intensa frente e um sistema de baixa pressão sobre o Leste da Austrália trouxeram vento de até 108 km/h e fortes chuvas.

O BoM prevê que a instabilidade se desloque para o Sul da Austrália com ingresso de ar ainda mais quente no Norte do país que experimenta uma severa onda de calor com recordes para outubro e máxima nesta terça em Tennant Creek de 42,4ºC.


Recordes de granizo no mundo

A maior pedra de granizo já medida nos Estados Unidos tinha 20 centímetros de diâmetro em Vivian, Dakota do Sul, e caiu em 23 de julho de 2010. O granizo de Vivian também foi o mais pesado já observado no país. A pedra de granizo mais pesada do mundo foi vista em Bangladesh em abril de 1986. As enormes pedras de granizo podem se precipitar a velocidades de 150 km/h a 200 km/h, o que explica furarem vidros de automóveis e telhados.

Em 2018, uma violenta tempestade na Argentina produziu granizo gigante, levando os meteorologistas a propor um termo totalmente novo para descrevê-lo: “granizo gargantuano”, em referência a um gigante da literatura. A tempestade de 8 de fevereiro gerou pedras de gelo de até 23,7 centímetros de diâmetro em Villa Carlos Paz, na província de Córdoba, o que foi objeto de estudo internacional.

Anúncios