Anúncios

Destelhamentos no município paranaense de Pato Branco após vendaval da última noite com temporais | Divulgação

Temporais provocaram estragos em Santa Catarina e no Paraná na noite de ontem e na madrugada deste sábado. As regiões mais afetadas foram do Oeste dos dois estados do Sul do Brasil. A MetSul havia alertado para a ocorrência de tempestades, especialmente no Oeste catarinense e paranaense, em razão do avanço de uma linha de instabilidade que encontraria ar mais quente na dianteira associado a uma corrente de jato em baixos níveis da atmosfera.

Em Santa Catarina, temporais de vento e granizo atingiram diversos municípios. Houve destelhamentos de residências e queda de árvores. Em Irani, por exemplo, cinco casas foram destelhadas pela força do vento. Em São Miguel do Oeste, o vento também causou danos em telhados de São Miguel do Oeste. Houve registros de estragos ainda em São Lourenço do Oeste, Campo Erê, Coronel Freitas, Pinhalzinho, Nova Erechim, Saudades e Serra Alta.


No Paraná, o Sudoeste do Estado foi a área mais castigada pelo tempo severo de ontem para hoje. Vendaval atingiu o município de Pato Branco, causando destelhamentos e falta de energia em diferentes pontos do município. A falta de luz comprometeu ainda o abastecimento de água na cidade pela dificuldade de captação. Equipes da Defesa Civil começaram o sábado atendendo ocorrências de estragos pelo temporal também em Foz do Iguaçu, igualmente no Oeste paranaense.


Por fim, a MetSul  antecipa que o risco de temporais cessa com o avanço de ar mais seco e frio neste começo de semana e que será impulsionado por um ciclone extratropical no Atlântico Sul. Depois da chuva e das tempestades das últimas horas, catarinenses e paranaenses vão experimentar a presença do sol com madrugadas de frio nos próximos dias. Nas áreas de maior altitude, inclusive, deve gear.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

Anúncios