Anúncios

Aurora boreal apareceu em grande parte do Canadá na última noite com um show de luzes no céu em diversas províncias canadenses.

Com efeito, a Terra foi atingida nas últimas horas por um fluxo maior de vento solar que perturbou a ionosfera e gerou atividade geomagnético que proporcionou a grande aparição das auroras.

Detalhe é que o show de luzes foi tal que satélites de órbita global captaram em suas imagens as auroras sobre o Canadá. As imagens são dos satélites NOAA-20 e Suomi-NPP. Elas foram divulgadas neste sábado pelo Madison Space Science and Engineering Center da Universidade de Wisconsin.

Aurora boreal sobre o Canadá captada pelo satélite Suomi-NPP | UWCIMSS

Aurora boreal sobre o Canadá captada pelo satélite NOAA-20 | UWCIMSS

Se as auroras deram espetáculo nas imagens de satélite, as luzes do Norte foram ainda mais impressionantes vistas da superfície em áreas mais ao Norte do Canadá.

Aurora boreal encantou no Canadá | @LachDonna/Twitter

Northern Lights canadense na noite passada | @LachDonna/Twitter

A tendência é que nesta noite de sábado para domingo o fluxo de vento solar aumente ainda mais com muitas luzes nos céus das regiões mais setentrionais. 

O que é a aurora boreal?

A aurora é um fenômeno óptico composto de um brilho observado principalmente nos céus noturnos nas regiões polares. A cor predominante é o verde, mas são comuns também outras cores como o vermelho.

Ocorre pelo impacto de partículas de vento solar com a alta atmosfera da Terra, canalizadas pelo campo magnético terrestre. A ocorrência deste fenômeno depende da atividade solar.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

Em latitudes do Hemisfério Norte é conhecida como aurora boreal (nome batizado por Galileu Galilei em 1619 em referência à deusa romana do amanhecer, Aurora. Em latitudes do hemisfério sul é conhecida como aurora austral, nome batizado por James Cook, uma referência direta ao fato de estar ao Sul.

Anúncios