Anúncios

A MetSul Meteorologia enfatiza uma vez mais o seu alerta meteorológico sobre chuva volumosa a excessiva durante esta quarta-feira (30) no Norte e, principalmente, no Noroeste do Estado. Os volumes devem ser significativos, acima de 100 mm em poucas horas em alguns pontos, e não afastamos que algumas localidades do Noroeste gaúcho possam registrar acumulados tão altos como 150 a 200 mm tão-somente no dia de hoje. Diante deste cenário, estas regiões têm um alto risco de danos e transtornos por alagamentos e inundações em zonas urbanas e áreas rurais. As estradas municipais ou vias de acesso no interior de municípios destas regiões podem ficar intransitáveis e há a ameaça de transbordamento de arroios e córregos locais. Chove nesta quarta-feira em grande parte do Rio Grande do Sul, especialmente do Centro para o Norte do Estado, onde os volumes tendem a ser mais expressivos. Temporais isolados não podem ser afastados na Metade Norte. Em Porto Alegre, se projeta que a instabilidade seja maior na segunda metade do dia, particularmente à noite. A instabilidade hoje no Rio Grande do Sul está associada a um centro de baixa pressão que amanhã já estará sobre o oceano e se afastando.



Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas


Mantém-se o alerta de chuva localmente forte no Leste e no Nordeste do Rio Grande do Sul no começo da quinta-feira, o que inclui a área de Porto Alegre. O tempo, contudo, começa a melhorar amanhã a partir do Sul e do Oeste e no decorrer do dia as aberturas vão alcançar outras áreas do Estado. O vento sopra moderado, mas com rajadas que serão mais fortes no Litoral Sul. Na sexta-feira, o sol deve aparecer no Estado, mas pode ter nevoeiro em muitos locais ao amanhecer. O sol deve chegar a aparecer com nuvens em muitos locais do Estado no sábado, porém a nebulosidade aumentará muito e chove na maioria das regiões da tarde para a noite. No domingo, muitas nuvens cobrem o território gaúcho e chove na maior parte do Estado no decorrer do dia, até com pancadas fortes em alguns pontos, mas são esperados intervalos de melhoria em algumas regiões.

Anúncios