Anúncios

Primeira temperatura negativa do ano ocorreu hoje na região dos Campos de Cima da Serra | Edimilson Watzlavick

O Rio Grande do Sul teve nesta terça-feira (27) a primeira temperatura negativa do ano com uma mínima de 0,4ºC abaixo de zero em amanhecer muito frio para a época do ano. A marca foi registrada por estação automática particular em Vacaria, município situado na região dos Campos de Cima da Serra.

A MetSul já alertava que uma massa de ar frio traria a possibilidade nesta semana das primeira marcas negativas de 2021 no Rio Grande do Sul. Com o ar mais frio em altitude e a atmosfera seca o resfriamento é acentuado e a temperatura tem acentuado declínio à noite em estações de maior altitude, como a que registrou a mínima negativa no amanhecer desta terça.



No ano passado, o primeiro registro de temperatura abaixo de zero do ano no território gaúcho ocorreu no dia 8 de abril com -0,6ºC em Soledade. Já em 2019, a primeira marca abaixo de zero do ano no Rio Grande do Sul se deu muito tardiamente, apenas no dia 9 de junho, no Sul gaúcho. Em 2018, por sua vez, o primeiro dia com mínima abaixo de zero do ano no Rio Grande do Sul foi 21 de maio com -0,6ºC em Soledade. Em 2017, o primeiro registro também se deu em abril, como agora. Foi no final do mês, no dia 28, com -2,4ºC em Bom Jesus. Finalmente, em 2016, a primeira mínima negativa ocorreu da mesma forma no dia 28 de abril com -0,2ºC em São José dos Ausentes.

A possibilidade de novas marcas negativas no Rio Grande do Sul persiste ainda amanhã e na quinta-feira ao passo que na sexta-feira a chance já é menor e eventual ocorrência vai se dar muito mais pelo ar muito seco do que pelo ar frio que estará em processo de enfraquecimento.

Anúncios