Anúncios

Reforço de ar polar trará ar gelado para o Rio Grande do Sul e vai proporcionar tardes mais frias em Porto Alegre | Alina Souza/Arquivo

Reforço de ar polar trará ar gelado no Rio Grande do Sul na metade desta semana. O ritmo climático é o de inverno em que incursões de ar frio se sucedem e sequer aquece muito entre uma massa de ar frio e outra. Este início de semana é de temperatura baixa e imediatamente chega uma nova massa de ar frio, prolongando o período de noites frias.

A nova massa de ar frio de origem polar ingressa no Rio Grande do Sul entre a terça e a quarta-feira, devendo cobrir o Estado na quarta. Não chega a ser intensa para os padrões de junho, porém é mais forte que as mais recentes.


Espera-se temperatura abaixo de zero pela primeira vez no ano em muitas áreas do território gaúcho no nível de pressão atmosférica de 850 hPa que corresponde a 1.500 metros de altitude.

Trata-se de métrica usada em Meteorologia pra avaliar o quão fria ou quente é uma massa de ar e os valores não significam exatamente o que vai fazer em superfície.

Frio à tarde

As massas de ar frio que atuaram até agora no Rio Grande do Sul neste ano trouxeram temperatura baixa mais limitada ao período noturno e o começo da manhã. Foram raros os dias em que as tardes foram frias neste ano em Porto Alegre e na maioria das cidades do interior, exceção as de altitude.

Uma vez que esta incursão de ar frio na metade da semana é mais gelada em altitude e, assim, mais forte, a tendência é que as máximas também sejam invernais. Por isso, na quarta-feira, mesmo com sol predominando, muitas cidades gaúchas sequer vão superar os 15ºC durante a tarde. Em algumas localidades de regiões serranas, a despeito do sol, os termômetros devem indicar pouco mais de 10ºC.

Mínimas e geada

A madrugada mais fria da semana será a da quinta-feira, mas esta incursão de ar frio da semana não deve trazer mínimas muito baixas. Por quê? O ar não estará muito seco e se espera a presença de nuvens em muitos locais, o que frustra um resfriamento maior à noite. Tanto é assim que no final da semana pode chover em pontos da Metade Norte do Rio Grande do Sul.

A realidade será diferente no Sul do Estado e na Campanha, onde as madrugadas tanto da quarta como da quinta-feira devem ser as mais frias com escassa nebulosidade, um perfil seco da atmosfera e ar gelado, o que favorecerá acentuado resfriamento noturno e geada moderada a forte em diversos pontos.


Em razão disso, mínimas muito baixas devem ser esperadas na fronteira com o Uruguai, na Campanha e no Sul gaúcho nesta semana, particularmente na quarta e na quinta com marcas de 0ºC a 2ºC. Na Serra do Sudeste, em localidades como Morro Redondo, Canguçu e Pinheiro Machado, as mínimas serão negativas em alguns pontos.

De sexta em diante, com ingresso de nuvens e ar menos seco, as mínimas se elevam, mas mesmo assim segue fazendo bastante frio à noite e ao amanhecer.

Anúncios