Anúncios

Quando volta a chuva? Dias de sol têm predominado faz uma semana com a atuação de áreas de alta pressão, entretanto para muita gente vai levar mais uma semana para voltar a ver chuva em suas cidades | Rosinara Ferreira

Quando volta a chuva? O Estado vai completar entre hoje e amanhã uma semana com tempo firme. A primeira metade da última semana, até quarta, teve muitas nuvens com chuva leve, garoa e neve no ingresso da poderosa massa de ar polar, mas depois com um centro de alta pressão se instalando o tempo firme predominou com uma sequência de dias de sol.

Para grande parte da população gaúcha, a chuva vai tardar a voltar. Áreas de instabilidade traziam fortes pancadas de chuva na região da cidade de Buenos Aires na manhã desta quarta-feira, mas esta instabilidade não deve progredir muito e tende a se concentrar na Argentina e no Uruguai. No máximo, pontos isolados do Oeste gaúcho podem ter alguma precipitação isolada na segunda metade do dia de hoje.


O cenário que se esboça a partir da análise dos modelos meteorológicos analisados pela MetSul indica a chuva retornando ao Rio Grande do Sul em dois tempos, começando a partir deste fim de semana.

Chuva pra uns no fim de semana

O fim de semana será de sol e nuvens na maior parte do Rio Grande do Sul, entretanto em parte do Estado a nebulosidade deve aumentar. Os dados indicam que instabilidade vai avançar no fim de semana e na segunda-feira para a Metade Sul gaúcha com chuva e garoa. A precipitação não deve ser volumosa e irregular ao passo que na Metade Norte o tempo seguiria firme com sol, nuvens e elevação da temperatura.

O mapa acima mostra a projeção de chuva para os próximos sete dias do modelo Icon do serviço meteorológico alemão e que está disponível ao assinante na seção de mapas do site, em que se observa a tendência de instabilidade na Metade Sul com a manutenção do tempo firme na Metade Norte.

E pra muitos na semana que vem

A maioria esmagadora dos dados analisados pela MetSul sinaliza que o Rio Grande do Sul poderia ter um evento de chuva mais generalizada entre os dias 14 e 16 deste mês, logo na segunda metade da semana que vem. Antes da chuva, a temperatura vai se elevar e algumas das tardes da próxima semana devem ser, inclusive, quentes com temperatura alta para o mês de julho. Assim, um calorzinho de inverno deve preceder a chuva.

A chuva prevista para a metade deste mês vai estar associada ao avanço de uma frente fria. Este sistema frontal precederá uma nova massa de ar polar que vai atuar durante a terceira semana de julho e que, pelos dados disponíveis hoje, novamente traria madrugadas de muito frio e com geada em diversas regiões do Rio Grande do Sul.


Em Santa Catarina e no Paraná, exceção de áreas mais próximas da costa, o tempo seco e firme deve predominar por ao menos mais uma semana com tendência de gradual subida da temperatura e tardes mais quentes na próxima semana.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

Anúncios