Anúncios

A imagem de satélite GOES-16 da manhã deste sábado, 5, mostra um aglomerado de nuvens de grande desenvolvimento vertical e topo frio com temperatura chegando a -80°C. Isso indica alto potencial para chuva e temporais entre o Paraguai e Nordeste da Argentina. Esse aglomerado de nuvens é gerado por um cavado, área de menor pressão atmosférica que estimula a formação de nuvens.

As nuvens irão avançar para Leste ao longo do dia passando pela Região Sul notadamente entre o Norte do Rio Grande do sul, Santa Catarina e Paraná. A expectativa, portanto, para as próximas horas é das nuvens aumentarem no Sul do país com previsão de pancadas de chuva e potencial para temporais isolados.


Imagem do fim de tarde na sexta-feira em Novo Hamburgo com nuvens carregadas, mas sem chuva

Imagem/Daniel Fleck

Modelos projetam menor volume de chuva para sábado

As projeções atualizadas dos modelos atmosféricos indicam que o maior volume de precipitação hoje tende a ficar sobre os países vizinhos. Dessa forma, sobra menos chuva para os estados brasileiros. Saídas dos modelos ICON e Europeu indicam que os maiores acumulados de chuva hoje irão se concentrar entre o Noroeste do Rio Grande do Sul e Oeste e de Santa Catarina e Paraná com projeção de 30 a 50 mm, com até 75 mm isoladamente. São volumes mais baixos do que inicialmente indicavam. Sobre o Paraná destaca-se ainda o risco de tempo severo com maior potencial para vendavais  e chuva forte/torrencial de forma pontual.

Em áreas do Oeste e Sul do estado gaúcho, mais perto da fronteira com o Uruguai praticamente não chove neste sábado.  Na Região Metropolitana de Porto Alegre o sol intercala com períodos de nuvens. Há previsão de pancadas de chuva da tarde para a noite de forma isolada. Não se descarta chuva forte passageira. A temperatura sobe e poderá chegar a 32°C no Vale do Sinos e a 30°C na Capital.


MetSul

Por outro lado, ao avaliar o campo de refletividade do modelo WRF, se percebe um indicativo para temporais isolados com núcleos pontuais de chuva forte, sobretudo, entre Santa Catarina e Paraná. Para essas áreas, ainda há risco de vendavais, raios e queda de granizo localizados.

No Rio Grande do sul o sol aparece com alternância entre períodos de maior nebulosidade. A temperatura sobe com máximas em torno de 30°C em cidades da Grande Porto Alegre, Centro e Oeste do Estado. Na faixa Norte/Noroeste com a maior presença de nuvens a temperatura sobe um pouco menos, mas ainda assim fica abafado.

 

Anúncios