Anúncios

Fim de tarde hoje em Livramento em uma tarde de temperatura alta para o fim de maio no Rio Grande do Sul e até um pouco de calor em algumas cidades | FABIAN RIBEIRO

A terça-feira da semana passada teve a tarde mais fria do ano até agora no Rio Grande do Sul. Às 15h, no dia 17, sob uma forte massa de ar frio e a umidade trazida pelo ciclone Yakecan com chuva, o Estado registrava apenas 4,1ºC em São José dos Ausentes, 5,9ºC em Vacaria, 6,5ºC em Canela, 7,0ºC em Cambará do Sul e Encruzilhada do Sul, 8,2ºC em Passo Fundo, 8,7ºC em Cruz Alta, 9,3ºC em Livramento, 11,7ºC em Uruguaiana e em Santa Maria e 13,7ºC em Porto Alegre.

Uma semana depois, uma realidade diferente. A massa de ar frio já se foi e ar mais aquecido passou a ingressar no território gaúcho com tardes mais quentes. Embora as noites sigam frias, muito mais em consequência do tempo aberto, as mínimas já são mais altas que as observadas no final da última semana e durante o fim de semana, quando chegou a fazer 2,8ºC abaixo de zero em São José dos Ausentes com geada em diversas regiões gaúchas.


A tarde de hoje, uma semana depois da tarde mais fria do ano até agora, teve máximas elevadas para o final de maio na maior parte das cidades gaúchas. As máximas, inclusive, aproximaram-se dos 30ºC em alguns municípios do Estado. Os termômetros indicaram nesta terça 28,8ºC em Teutônia, 28,5ºC em Santa Rosa, 27,7ºC em Parobé, 27,6ºC em Porto Xavier e Feliz, 27,4ºC em São Luiz Gonzaga e em São Borja, 27,3ºC em Alegrete, 27,2ºC em Uruguaiana e em Campo Bom, e 27,1ºC em Quaraí. Porto Alegre atingiu 26,0ºC.

Exceção do Oeste e do Sul gaúcho que terão aumento da nebulosidade e chuva da tarde para a noite, as demais regiões do Rio Grande do Sul terão uma tarde ainda mais quente que a de hoje nesta quinta. As máximas devem ficar, por exemplo, ao redor dos 30ºC em pontos do Noroeste e dos vales do Taquari, Rio Pardo, Caí, Sinos e Paranhana. Porto Alegre pode ter 28ºC de máxima e na Serra os termômetros podem marcar até 25ºC em Caxias do Sul e Gramado.


Estas temperaturas não configuram o veranico de maio. A literatura determina critérios para a caracterização de um veranico. Com base na climatologia da cidade de Porto Alegre, são necessários máximas acima de 25ºC, mínimas acima de 12ºC, céu limpo ou com névoa, vento calmo ou fraco, por quatro dias ou mais. Como não haverá quatro dias preenchendo tais critérios, não haverá veranico. Amanhã, a chuva que hoje já atinge parte do Estado alcança a maioria das cidades gaúchas com queda de temperatura.

Anúncios