Anúncios

Cachorro se refresca durante a onda de calor em Porto Alegre. Rio Grande do Sul enfrenta sequência de dias de temperatura muito alta durante a noite com tardes tórridas. | SILVIO ÁVILA/AFP/METSUL METEOROLOGIA

O Rio Grande do Sul experimenta outro dia de muito calor nesta segunda-feira. Desde o final da semana passada a temperatura tem estado muito acima da média histórica de dezembro no estado com registro de máximas superiores aos 40ºC tanto na tarde do sábado como na tarde de ontem.

Os gaúchos enfrentaram um fim de semana escaldante. No sábado, a máxima no estado foi a 40,6ºC em Porto Xavier, no Noroeste. Ontem, no auge da onda de calor, máximas perto e acima dos 40ºC foram anotadas em diversas regiões gaúchas, inclusive na área metropolitana de Porto Alegre.


As máximas na tarde do domingo atingiram 41,1ºC em Teutônia, 41,0ºC em Porto Xavier, 40,9ºC em Santa Cruz do Sul, 40,7ºC em Colinas, 40,4ºC em Pejuçara, 40,1ºC em Santa Rosa, Guarani das Missões, e 40,0ºC em Itaqui e Cachoeira do Sul.

Na Grande Porto Alegre, o domingo anotou 40,8ºC em Parobé, 39,9ºC em Gravataí, 39,7ºC em Campo Bom, 39,3ºC em Canoas (Fátima), 39,1ºC em Novo Hamburgo (Lomba Grande), 38,8ºC em São Leopoldo, 37,9ºC em Viamão e 37,5ºC em Nova Santa Rita.


Em Porto Alegre, a máxima oficial no Jardim Botânico foi de 38,4ºC, a segunda mais alta deste ano, só atrás dos 38,8ºC de 13 de fevereiro. Em outros pontos da cidade, as máximas foram 39,6ºC no Lami, 39,3ºC na Auxiliadora, 38,8ºC na Chácara das Pedras e 36,9ºC em Belém Novo.

Depois de uma tarde quente, a noite de ontem e a madrugada de hoje foram por demais quentes. Em Porto Alegre, à meia-noite desta segunda-feira, alguns bairros estavam com temperatura de 30ºC. Nos vales, marcas ao redor dos 30ºC eram anotadas em diversas cidades no começo da madrugada.

A temperatura mínima oficial na madrugada de hoje em Porto Alegre foi de 25,6ºC na estação do bairro Jardim Botânico. Trata-se da temperatura mínima mais alta deste ano na capital gaúcha e uma das madrugadas mais quentes em anos na capital gaúcha.

De acordo com levantamento do meteorologista Marcelo Schneider, do Instituto Nacional de Meteorologia, a mínima de hoje na estação convencional de Porto Alegre de 25,6ºC foi a mais alta para dezembro desde 31 de dezembro de 2014, quando fez 26,7ºC. Já para qualquer mês do ano, a mínima de hoje foi a mais alta desde 2021, quando no dia 10 de janeiro a temperatura não baixou de 25,8ºC na estação convencional.

Na tarde desta segunda-feira, as máximas novamente superam os 35ºC em Porto Alegre, na região metropolitana, no Noroeste e no Norte do estado com sensação de intenso abafamento. As marcas em alguns pontos podem atingir valores tão altos quanto 37ºC a 39ºC.

Mas até quando vai esse calor? Há uma boa e uma má notícia para quem não gosta de tempo muito quente. A boa é que o pior do calor está chegando ao fim, por enquanto, mas a má é que o calor vai prosseguir com abafamento, apenas que as temperaturas não serão extremamente altas como hoje e nos últimos dias.

Os mapas a seguir mostram as projeções de temperatura máxima para o Sul do Brasil do modelo meteorológico alemão Icon para as tardes de hoje, amanhã, quarta, quinta e sexta-feira, em que se observa como a intensidade do calor deve ceder no decorrer da semana com maior presença de nuvens e registro de chuva irregular em vários pontos.

Embora a temperatura nos próximos dias não fique tão elevada como vem ocorrendo desde o final da semana passada no Rio Grande do Sul, chamamos atenção que haverá maior umidade. Assim, as máximas diárias tendem a ser menores e ficarem mais perto da climatologia histórica, mas por outro lado índices mais altos de umidade deverão gerar maior abafamento com desconforto térmico.

Com El Niño atuando, como ocorre neste verão de 2023-2024, há uma maior propensão a dias mais úmidos na estação quente, assim ondas de calor mais prolongadas acabam menos prováveis e tendem a ser mais curtas. Já os dias tendem a ser mais abafados e com probabilidade de noites de temperatura mínima mais altas, como se sentiu hoje cedo no Rio Grande do Sul.

A MetSul Meteorologia está nos canais do WhatsApp. Inscreva-se aqui para ter acesso ao canal no aplicativo de mensagens e receber as previsões, alertas e informações sobre o que de mais importante ocorre no tempo e clima do Brasil e no mundo, com dados e informações exclusivos do nosso time de meteorologistas.

Anúncios