Anúncios

São Joaquim amanheceu branca com neve na manhã de ontem após uma madrugada de precipitação invernal | Mycchel Legnaghi

Sul do Brasil não tinha três dias seguidos de neve desde o inverno do ano de 2000, que foi marcado por fortes erupções de ar polar e uma grande onda de frio que assolou o Sul do país no mês de julho. Depois de duas décadas, a neve caiu por três dias consecutivos na Região Sul e com registros nos três estados.

A neve começou na segunda, alcançando municípios do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e até do Sul do Paraná, na região de Palmas, acompanhando a instabilidade da frente fria. No final da segunda-feira, devido à circulação de umidade de um ciclone na costa do Uruguai interagindo com o ar mais frio que estava centrado sobre o Norte da Argentina, chegou a nevar em Quaraí, no Oeste do estado gaúcho, onde o fenômeno é pouco comum pela baixa altitude.


Na terça, as ocorrências de neve se concentraram mais no Rio Grande do Sul, em cidades da Serra Gaúcha principalmente, mas a precipitação foi, em geral, muito leve e passageira sem qualquer acumulação. Ontem, entretanto, por conta do ar gelado interagindo com a umidade da tempestade substropical Raoni na costa, o Planalto Sul Catarinense registrou neve durante a madrugada que foi mais expressiva e que chegou a acumular em cidades como São Joaquim, Urupema e Bom Jardim da Serra, o que deixou a paisagem branca em pontos destas localidades do Planalto Sul.

Urupema coberta de neve na quarta-feira | Marleno Muniz/Prefeitura de Urupema

Três dias de neve no Sul do Brasil indicam o quão potente foi esta massa de ar frio de origem polar e ainda com uma situação inusitada de ter um ciclone atípico de natureza subtropical garantindo aporte de umidade para registros de neve na região em dois dias, quando o normal é que um ciclone de natureza extratropical traga umidade para a neve.


Neve no inverno de 2000

O inverno do ano 2000 é lembrado pela poderosa onda de frio que teve início na segunda semana do mês. Nevou nos dias 11, 12 e 13, a última vez em que havia nevado por três dias seguidos no Sul do Brasil. Assim como no episódio desta semana, os flocos caíram nos três estados do Sul. A neve, contudo, não parou por aí. Após um breve período com tempo aberto que trouxe mínimas excepcionalmente baixas no amanhecer de 14 de julho de 2000, um reforço de ar polar voltou a provocar neve entre os dias 16 e 17.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

Em agosto, no dia 11, nevou no Nordeste do Rio Grande do Sul e no Planalto Sul de Santa Catarina. Mais tarde no mês, a neve voltou a cair misturada à chuva na cidade de São Joaquim no dia 29. A surpresa, porém, estava reservada para o mês seguinte. No dia 25 de setembro, já em plena primavera, nevou em Bom Jesus, Cambará do Sul e em São Joaquim. A última neve de primavera tinha ocorrido no ano anterior, no dia 3 de outubro. Os anos de 1999 e 2000 foram influenciados por um intenso episódio do fenômeno La Niña e que favoreceu fortes ondas de frio e eventos de neve relevantes no Sul do país.

Anúncios