Anúncios

Medição oficial registrou 9,9°C abaixo de zero no Parque Nacional de Itatiaia, mas outras medições particulares apontaram até 12°C negativos com congelamento nos picos | Parque Nacional de Itatiaia/Divulgação

A temperatura nesta quinta-feira (1) chegou a 9,9ºC abaixo de zero na estação meteorológica automática do Instituto Nacional de Meteorologia instalada no Parque Nacional de Itatiaia, no estado do Rio de Janeiro. É a menor temperatura oficialmente registrada no Brasil neste ano e que pelo valor extremamente baixo dificilmente será superada por qualquer registro na rede do Inmet do Sul do Brasil no restante deste ano.

O frio de 9,9ºC negativos em Itatiaia não é representativo de todo o estado fluminense ante as condições muito particulares de localização da estação meteorológica, instalada em um dos locais de maior altitude do território brasileiro. A estação do órgão federal, que opera desde agosto de 2017, se encontra a 2.450 metros de altitude. Em comparação, a estação de maior altitude do Inmet no Sul do Brasil está a 1.790 metros no cume do Morro da Igreja, em Santa Catarina.


No restante do estado do Rio de Janeiro, as mínimas de hoje foram baixas com muito frio para os padrões locais. Os termômetros indicaram 5,5ºC em Teresópolis, 7,0ºC em Valença, e 7,2ºC em Resende e em Rio Claro, 9,5ºC em Duque de Caxias, e 9,9ºC em Seropédica.

Na cidade do Rio de Janeiro, a rede do Inmet apontou 8,7ºC na Vila Militar, 10,3ºC em Jacarepaguá e 16,1ºC no Forte de Copacabana, logo na beira da praia e área em que o resfriamento noturno é menor. Na rede do Alerta Rio, da Prefeitura do Rio, as mínimas foram de 12,5ºC ontem no Alto da Boa Vista e 10,3ºC hoje na mesma estação do órgão de monitoramento municipal.


Como a massa de ar frio passa a atuar mais no oceano, a tendência é que as próximas noites no Rio de Janeiro sigam com temperatura baixa e frio em áreas distantes da costa, ao passo que as tardes vão registrar uma elevação das máximas com temperatura bastante agradável e sem o calor que costuma marcar o clima dos cariocas e fluminenses.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

Anúncios