Anúncios

São Joaquim (SC) amanheceu com a paisagem nevada nesta quarta-feira após uma madrugada de neve muito fraca e persistente | Mycchel Legnaghi/São Joaquim Online

A neve caiu pelo terceiro dia seguido no Sul do Brasil nesta quarta-feira e acumulou em São Joaquim, no Planalto Sul Catarinense, branqueando telhados, automóveis e a vegetação. O dia começou com belas paisagens de inverno na cidade do Planalto Sul, onde a temperatura mínima foi na estação automática do Instituto Nacional de Meteorologia foi de 1,8ºC abaixo de zero por volta da meia-noite.

Com a temperatura negativa durante toda a madrugada e ar gelado ainda em altitude que propiciava a ocorrência do fenômeno, o chuvisco que caía em cidades mais baixas se transformou em neve fraca, porém persistente, durante quase toda a madrugada e que foi suficiente para que houvesse uma pequena acumulação na localidade.

Neve de hoje cedo acumulou em São Joaquim | Mycchel Legnaghi/São Joaquim Online

São Joaquim teve leve queda de neve por horas hoje de madrugada | Mycchel Legnaghi/São Joaquim Online

A paisagem branca pela neve fez a alegria de moradores e turistas de São Joaquim que foram às ruas sob frio abaixo de zero fazer fotografias e vídeos da paisagem nevada no município na manhã desta quarta-feira.

Guardar os registros da neve para a posteridade | Mycchel Legnaghi/São Joaquim Online

Neve suficiente para fazer pequenos bonecos | Mycchel Legnaghi/São Joaquim Online

Na área urbana de São José dos Ausentes, no Rio Grande do Sul, que tem altitude menor que São Joaquim, a garoa caiu com insistência durante toda a madrugada, mas sem neve, Isso significa que a cota de neve durante a madrugada estava ao redor de 1.350 a 1,400 metros na região, portanto pouco mais de 100 ou 200 metros de altitude de diferença entre uma localidade e outra fazia diferença entre nevar e não nevar.

Isso fez com que flocos caíssem também em pontos de Bom Jardim da Serra que, assim como São Joaquim, é mais alta que São José dos Ausentes, a cidade de maior altitude do Nordeste do Rio Grande do Sul.


À medida que o ar polar começa a enfraquecer, a cota de altitude para a ocorrência de neve começa a se elevar cada vez, mesmo com o tempo permanecendo instável com garoa ou chuva leve.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

Assim, gradualmente cessa a condição do fenômeno na maioria dos locais, exceto nos picos mais altos do Planalto Sul Catarinense que chegam a ter 1.800 metros, caso do Morro da Igreja.

Anúncios