Anúncios

Coronel Rabelo/IHP

Mais de um quarto do Pantanal já foi destruído pelo fogo e o ritmo de devastação avança neste começo de outubro com números de focos de calor extraordinariamente altos. Somente na primeira semana de outubro, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, o número de focos de calor foi maior que a média histórica do mês inteiro.

O monitoramento por satélites do Inpe registrou nos primeiros sete dias deste mês 1.282 focos de calor, quando a média mensal 1998-2019 foi de 1.047. Os número só da primeira semana de outubro superam os de outubro inteiro dos anos de 1998, 2000, 2001, 2003, 2005, 2006, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016, 2017 e 2018. O número altíssimo de queimadas na primeira semana do mês coincide com uma excepcional onda de calor que trouxe a segunda maior temperatura já anotada em Corumbá e o recorde de calor absoluto de temperatura máxima de Cuiabá.


De 1º de janeiro a 3 de Outubro deste ano já foram consumidos 3.977.000 hectares do bioma Pantanal. Isso é o equivalente a 26% do bioma, ou 26 cidades de São Paulo. Os dados são obtidos através do monitoramento feito pelo LASA (Laboratório de Aplicações de Satélites Ambientais do Departamento de Meteorologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro).


As regiões da Serra do Amolar são as mais críticas no momento. Brigadistas do Ibama/PrevFogo, bombeiros e equipes do Instituto Homem Pantaneiro estão na linha de frente combatendo os focos. Na região do Parque Nacional do Pantanal Mato-Grossense e áreas próximas a BR 262 ao sul de Corumbá (próximas ao Passo do Lontra e Porto Esperança) também apresentam focos preocupantes.

Ouriço-cacheiro salvo do fogo e atendido pelo Instituto Homem Pantaneiro

Equipes continuam atuando no resgate de animais na Transpantaneira e áreas do Parque Estadual Encontro das Águas, assim como levando comida e água nas regiões afetadas pelo fogo. Já foram confirmadas mais de 30 espécies que se beneficiaram dos alimentos que estão sendo distribuídos, reforçando a importância dessas ações.

 

Anúncios