Anúncios

Inverno se instala no Cone Sul e já traz muitos dias de mínimas negativas no Sul do Brasil | Mycchel Legnaghi/São Joaquim Online

Inverno se instala no Cone Sul da América com precipitações de neve mais freqüentes na Argentina e no Chile, geada em maior número de dias com mínimas negativas nas latitudes médias do continente e frio intenso no Centro da Argentina, Uruguai e o Sul do Brasil.

Este fim de semana foi de temperatura baixa em províncias centrais da argentina, no Rio Grande do Sul e no território uruguaio com geada em muitas áreas, resultado do avanço de uma massa de ar frio de origem polar após a passagem da forte instabilidade que trouxe altos volumes de chuva no território gaúcho durante a sexta-feira, mas quase nada ou nada de chuva na maior parte do Centro argentino e do Uruguai.


Mínimas de inverno na Argentina

A temperatura mínima hoje no Aeroporto Internacional de Ezeiza, na Grande Buenos Aires, foi de 1,4ºC. No observatório de Villa Ortúzar da capital argentina, mantido pelo Serviço Meteorológico Nacional (SMN), os termômetros indicaram 4,3ºC. No interior da província de Buenos Aires, as mínimas chegaram a -3ºC. Mar del Plata, na costa atlântica, teve -0,3ºC. Rosário, em Santa Fé, anotou 0,2ºC.

Frio de inverno no Uruguai

Este domingo foi temperatura muito baixa ao amanhecer também no Uruguai com mínimas de inverno. O Aeroporto Internacional de Carrasco, que serve a capital Montevidéu e está situado no departamento de Canelones, teve uma mínima de 1,9ºC. Na capital uruguaia, na estação do Prado do Instituto Uruguaio de Meteorologia (Inumet), uma marca superior com 5,6ºC. No interior do país, os termômetros indicaram 0,0ºC em Mercedes.

Neve na Argentina

Com a chegada do período de frio mais intenso do ano, as informações sobre ocorrência de neve na Argentina e no Chile vão se tornar cada vez mais freqüentes. Os últimos dias, por exemplo, registraram as primeiras ocorrências de fortes nevadas na cidade de Ushuaia, na província argentina da Terra do Fogo, no Extremo Sul do continente.

Ushuaia teve a primeira grande nevada do ano na última semana com frio muito intenso | SMN/Divulgação

Ushuaia teve a primeira grande nevada do ano na última semana com frio muito intenso | SMN/Divulgação

Ushuaia teve a primeira grande nevada do ano na última semana com frio muito intenso | SMN/Divulgação

A neve caiu por diversas vezes na cidade austral, acumulando principalmente nas áreas de montanhas. Caiu ainda em Cerro Chapelco e El Chalten.

A neve foi recebida com alegria pela expectativa da temporada de esqui que neste ano se dirigirá a turistas essencialmente nacionais ante as restrições para ingressos de cidadãos estrangeiros na Argentina.

Domingo de inverno no Rio Grande do Sul

O Rio Grande do Sul teve um domingo com cara de inverno. O frio se manteve durante grande parte do dia em muitas cidades mesmo com a presença do sol. O domingo, nesse sentido, já começou gelado com mínimas negativas em alguns municípios. Veja as menores marcas do amanhecer de hoje:

Bagé: -1,0°C
Vacaria: -0,3°C
Herval: -0,2°C
São Sepé: 0,0°C
Amaral Ferrador: 0,4°C
Quaraí: 0,5°C
Soledade: 0,6°C
Vila Nova do Sul: 0,7°C
Pedro Osório: 1,0°C
Encruzilhada do Sul: 1,1°C
Pelotas: 1,3°C
São José dos Ausentes: 1,3°C
Campos Borges: 1,4°C
Espumoso: 1,4°C
Jaguarão: 1,4°C
Farroupilha: 1,8°C
São Gabriel: 1,9°C
Getúlio Vargas: 2,1°C
São José do Ouro: 2,3°C
Tio Hugo: 2,6°C
Barra do Ribeiro: 2,7°C
São Francisco de Paula: 2,7°C
Marau: 2,8°C
Sertão Santana: 2,9°C
Bom Jesus: 3,0°C
Rio Grande: 3,0°C
Santa Vitória do Palmar: 3,0°C
Sobradinho: 3,0°C
Tapera: 3,0°C
Alegrete: 3,1°C
Ilópolis: 3,1°C
Caxias do Sul: 3,2°C
Santa Maria: 3,2°C
Gramado: 3,3°C
Barra do Quaraí: 3,5°C
Chapada: 3,5°C
Canela: 3,5°C
Casca: 3,6°C
Tupanciretã: 3,6°C
Pontão: 3,7°C
Lavras do Sul: 4,0°C
Cachoeira do Sul: 4,1°C
Santiago: 4,1°C
São Vicente do Sul: 4,1°C
Itaara: 4,2°C
Teutônia: 4,2°C
Antônio Prado: 4,3°C
Carazinho: 4,3°C
Rosário do Sul: 4,4°C
Salto do Jacuí: 4,4°C
Camaquã: 4,5°C
Alto Feliz: 4,6°C
Capão do Leão: 4,6°C
Cruz Alta: 4,6°C
Morro Reuter: 4,6°C
Quatro Irmãos: 4,6°C
Venâncio Aires: 4,6°C
Lagoa Vermelha: 4,7°C
Restinga Seca: 4,7°C
Serafina Correa: 4,7°C
Panambi: 4,8°C
São Miguel das Missões: 4,8°C
Cambará do Sul: 4,9°C
Jacutinga: 4,9°C
Canoas: 5,0°C
Minas do Leão: 5,0°C

A tarde, por sua vez, teve máximas baixas. Em Porto Alegre, por exemplo, na estação do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) no Jardim Botânico, a temperatura não passou dos 15,7ºC. É a máxima mais baixa deste ano até agora na Capital em um dia ensolarado.

Na região metropolitana, as máximas deste domingo mesmo com tempo aberto não conseguiram superar os 16,2ºC em Campo Bom e 15,9ºC em Novo Hamburgo. Em Canela, na Serra, a máxima da tarde na estação do Inmet foi de apenas 11,4ºC e com sol. Cambará do Sul foi a 12,9ºC e São José dos Ausentes atingiu uma máxima de 13,2ºC.

A previsão da MetSul é de um amanhecer gélido nesta segunda-feira com mínimas abaixo de 5ºC na grande maioria dos municípios e com marcas negativas em alguns.

Porto Alegre teve um fim de tarde de domingo com céu claro que favorecerá forte resfriamento nesta noite e madrugada | Jossiano Leal

Geada será generalizada no Rio Grande do Sul no começo desta segunda-feira, formando-se em quase todo o interior e na maior parte da Grande Porto Alegre.

Vai ocorrer formação de geada mesmo em alguns bairros da Capital pela primeira vez em 2021. A previsão de mínima para a Capital é de 4°C a 5°C, a menor do ano até o momento. 

Inverno climático 

O inverno astronômico começa oficialmente à 0h32 do próximo dia 21 de junho, mas o inverno climático tem início nesta terça, 1° de junho.


A climatologia define o inverno climático como o trimestre junho, julho e agosto para fins de estatística, uma vez que o começo e o fim do inverno pelo critério astronômico é móvel. 

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

Na prática, o frio costuma chegar antes e ir embora depois dos limites do inverno, seja o climático ou o astronômico. E, no caso de 2021, antecipou-se bastante com um maio de muito frio no Rio Grande do Sul. 

Anúncios