Anúncios

Serra Gaúcha amanheceu com frio neste sábado | EDIMILSON WATZLAVICK

Uma semana antes do Natal, Rio Grande do Sul e Santa Catarina tiveram na madrugada deste sábado temperatura muito baixa para esta época do ano em diversas cidades. As mínimas em algumas localidades, especialmente de regiões serranas, caíram abaixo dos 10ºC com marcas de um digito.

Em Santa Catarina, de acordo com a rede de dados de estações da Epagri-Ciram, o sábado começou com temperatura de 5,6ºC em Bom Jardim da Serra (Morro da Igreja), 6,7ºC em Urubici, 6,8º C em Urupema, 7,1ºC em São Joaquim e 8,9ºC em Painel.


Já no Rio Grande do Sul, as menores mínimas se deram na Serra e nos Campos de Cima da Serra durante a madrugada de hoje com registros de 8,3ºC em Vacaria, 8,4ºC em São José dos Ausentes e em Bom Jesus, 8,6ºC em Monte Alegre dos Campos, 8,9ºC em Cambará do Sul, 9,3ºC em Canela, 9,8ºC em Muitos Capões e 9,9ºC em São Francisco de Paula.

O frio, entretanto, não se limitou às cidades serranas do Nordeste do Rio Grande do Sul. Em várias regiões do estado as mínimas foram baixas, embora em poucas cidades tenha havido marcas de um dígito como nas localidades de maior altitude dos Aparados. No Sul gaúcho, por exemplo, Herval teve mínima de 9,1ºC.


Na rede do Instituto Nacional de Meteorologia, nas estações oficiais, temperatura baixa para o final do ano em muitas cidades. Fez 10,7ºC em Livramento, 10,8ºC em Bagé, 11,4ºC em Lagoa Vermelha, 11,8ºC em Passo Fundo, 11,9ºC em Soledade, 12,4ºC em Dom Pedrito, 12,6ºC em Canguçu, 12,8ºC em Palmeira das Missões e 12,9ºC em Caçapava do Sul.

Os termômetros indicaram ainda nas estações oficiais 13,0ºC em Encruzilhada do Sul e Ibirubá, 13,1ºC em Camaquã, 13,2ºC em Capão do Leão, 13,4ºC em Quaraí, 13,6ºC em Teutônia e Cruz Alta, 13,8ºC em Santo Augusto e 13,9ºC em Santiago.

Mesmo na Grande Porto Alegre a temperatura foi baixa para dezembro em alguns pontos. Em Gravataí, estação automática indicou mínima de 11,5ºC. Na zona Sul de Porto Alegre, na área do aeroclube de Belém Novo, a mínima foi de 14,4ºC. O Jardim Botânico anotou 16ºC. Pela climatologia histórica, a mínima média de dezembro na capital é de 19,4ºC.

Por que o frio?

Uma massa de ar mais frio passou a atuar no Rio Grande do Sul ontem depois da passagem da frente fria de escassa atividade que trouxe chuva em poucos lugares. Esta massa de ar frio foi responsável por um dia muito agradável na sexta-feira com rajadas de vento Sul.

Mapa de anomalia de temperatura em 850 hPa (nível de 1.500 metros) do modelo europeu mostrava uma massa de ar frio sobre o Rio Grande do Sul na madrugada deste sábado | METSUL

Não se deve pensar em massa de ar frio em dezembro pela mesma lógica do inverno. Se no inverno estes pulsos costumam trazer frio o dia todo, nesta época do ano estas incursões de ar frio trazem dias agradáveis ou menos quentes.

Quando provocam frio, como neste sábado, é apenas à noite e mais em cidades de maior altitude. E mesmo assim sob a dependência de condições de tempo aberto, vento calmo e ar seco, o que favorece um maior resfriamento noturno, condições que estavam presentes no começo deste sábado.

Justamente o mesmo ar seco que proporcionou o frio na madrugada favorece aquecimento durante o dia. Portanto, a tarde terá calor. A previsão do tempo para Porto Alegre é de máxima de 27ºC a 28ºC. No Oeste e no Noroeste do estado, as máximas à tarde devem ficar entre 32ºC e 34ºC.

E segue a temperatura baixa?

Não! A tendência para a madrugada deste domingo é, em geral, de mínimas mais altas do que hoje no Rio Grande do Sul. Na maior parte das cidades gaúchas, o domingo começará com marcas amenas nos termômetros e mais perto da média desta época do ano.

Ocorre que antes do Natal podemos voltar a ter mínimas de um dígito em cidades com maior altitude do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Os dados dos modelos estão indicando perfil muito seco da atmosfera com tempo aberto nas madrugadas de quinta, sexta e sábado, o que poderia levar a novas mínimas abaixo de 10ºC.

Anúncios