Meninos se jogam nas águas do Lago Michigan, em Chicago, nos Estados Unidos, no dia 26 de fevereiro, sob uma temperatura altíssima para o inverno de 22ºC na cidade. Na maioria dos anos, as águas do Lago Michigan estariam cobertas de gelo durante o mês de fevereiro. | SCOTT OLSON/GETTY IMAGES /AFP/METSUL METEOROLOGIA

O terceiro fevereiro mais quente já registrado nos Estados Unidos desde o começo das medições no século 19 garantiu que o inverno meteorológico de 2023-2024 se tornasse o mais quente no país desde 1895, de acordo com a atualização climática mensal emitida pela NOAA, a agência de tempo e clima do governo dos Estados Unidos.

Com base no chamado inverno meteorológico, o trimestre dezembro a fevereiro, que os meteorologistas fazem uso na climatologia por ser uma data fixa e não móvel como as estações astronômicas, a NOAA declarou o inverno deste ano como o mais quente.

A temperatura média no trimestre de dezembro de 2023 a fevereiro de 2024 foi de 3,11ºC para os 48 estados contíguos norte-americanos (exclui Havaí e Alasca). Para se ter ideia, o inverno deste ano nos Estados Unidos se situou 3ºC acima da climatologia histórica, o que é muito.

O valor ficou 0,45ºC acima do recorde anterior do inverno de 2015-2016, também de El Niño forte como neste ano. Foi a maior diferença de um ano para o próximo ano mais quente em todo o banco de dados de temperaturas de inverno de 129 anos.

Os estados de Iowa, Michigan, Minnesota, New Hampshire, Nova York, Dakota do Norte, Vermont e Wisconsin tiveram todos o inverno mais quente já registrado. Vinte e seis outros estados norte-americanos tiveram um dos dez invernos mais quentes da série histórica.

O meteorologista Bob Henson, do Climate Connections da Universidade de Yale, destaca que o inverno teria sido ainda mais quente que o normal neste ano se não fosse por alguns dias de frio intenso e neve generalizada em meados de janeiro. Por isso, janeiro não teve temperatura muito acima do normal.

Mas, então, o que fez com que o inverno de 2024 fosse o mais quente já observado? Embora janeiro tenha ficado na posição como o 48º entre os mais quentes, dezembro foi recorde em temperatura alta nos Estados Unidos. Somou-se o fevereiro, o terceiro mais quente da série histórica.

Além de mais quente, o inverno de 2024 foi mais chuvoso que o normal nos Estados Unidos. Ficou na posição 38º entre os mais chuvosos desde 1895. Não estivesse menos frio que o normal, a precipitação acima da média teria se transformado em muita neve, mas foi um inverno com menos neve que o que se costuma observar. Com a elevada temperatura, o que no passado vinha como neve caiu como chuva.

A MetSul Meteorologia está nos canais do WhatsApp. Inscreva-se aqui para ter acesso ao canal no aplicativo de mensagens e receber as previsões, alertas e informações sobre o que de mais importante ocorre no tempo e clima do Brasil e no mundo, com dados e informações exclusivos do nosso time de meteorologistas.