Anúncios

Imagem do satélite GOES-16 mostrava nuvens muito carregadas sobre o Rio Grande do Sul às oito da manhã deste sábado com a atuação de uma frente quente | NOAA

O sábado começa com chuva e temporais em parte do Rio Grande do Sul em razão de uma frente quente que atua sobre o Estado e que era antecipada pela MetSul Meteorologia. O sistema frontal traz pancadas de chuva fortes a torrenciais, além de muitos raios e queda isolada de granizo que já se registrou em alguns municípios. Entenda este fenômeno que é comum nesta época do ano.

Por que é uma frente quente?

O ciclone extratropical que se formou a Leste da Argentina na quinta-feira impulsionou uma massa de ar frio e seco para o Rio Grande do Sul ontem que trouxe temperatura baixa cedo da manhã e novamente à noite, além da melhora do tempo com o predomínio do sol ao longo do dia.


Entretanto, uma corrente de jato em baixos níveis da atmosfera se formou a partir da Bolívia e começou a trazer ar quente em altitude para o Sul do Brasil. Uma corrente de jato em baixos níveis é um corredor de vento a cerca de 1500 metros de altitude que traz ar quente da Bolívia até as latitudes médias do continente.

Ar quente em altitude invadiu o Sul do Brasil e gerou a frente quente sobre o Rio Grande do Sul | MetSul

A massa de ar quente ao encontrar o ar frio que estava sobre o Estado começou a formar nuvens carregadas com chuva e raios na madrugada de hoje na Metade Norte. Como se trata de uma frente quente e que é impulsionada por ar quente de Norte, a previsão é que no decorrer deste sábado se desloque de Norte para Sul no Rio Grande do Sul.

Frentes quentes são comuns nesta época do ano

Frentes quentes são comuns durante o inverno no Rio Grande do Sul. Junho, a propósito, é o mês com maior incidência do fenômeno. Por que não ouvimos falar de frente quente no verão e sim no inverno? Porque a dinâmica que gera a sua formação é o avanço de ar quente a partir do Norte sobre uma massa de ar frio. Como no verão o predomínio é de ar quente não há avanço de ar quente sobre ar frio porque as massas de ar que atuam sobre o território gaúcho são de temperatura alta.

É um erro pensar que frente quente significa calor. Porto Alegre, por exemplo, está sob uma frente quente que traz chuva e temporais, mas a temperatura é baixa. O ar quente está ao Norte do sistema frontal e o ar frio ao Sul. Assim, na região onde atua a frente com chuva a temperatura não é alta. O aquecimento ocorre nas regiões ao Norte da frente com tempo aberto e sol, o que no caso do dia de hoje será o Norte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e o Paraná.

Chuva forte, raios e granizo em frentes quentes

Sistemas frontais quentes são pródigos em causar chuva forte a torrencial. Alguns dos eventos de chuva volumosa mais notáveis em junho no Rio Grande do Sul se dão justamente em consequência de frentes quentes. Como neste tipo de sistema se formam nuvens muito carregadas há potencial para chuva com elevados volumes em poucas horas com pancadas fortes a torrenciais.

Com ar quente avançando em altitude sobre ar frio em superfície a atmosfera fica muito instável. Por isso, quando uma frente quente atua no Estado é comum termos uma grande quantidade de raios acompanhando a instabilidade e queda isolada de granizo. Em alguns episódios de frentes quentes, o granizo pode ser de maior tamanho e cair em um alto número de municípios.


Previsão

A instabilidade se concentrará mais tarde sobre o Sul, parte do Centro e o Oeste com chuva, raios e risco de granizo isolado após ter atingido pontos da Metade Norte nesta primeira metade do dia. Na Metade Norte, o sol aparece com nuvens e a temperatura se eleva com calor e abafamento à medida que a chuva se desloca para Sul e ar mais quente invade Santa Catarina e o Norte gaúcho. Em pontos do Norte do Rio Grande do Sul, próximos de Santa Catarina, aliás, sequer deve chover.

Com o ingresso de ar quente no decorrer do dia no Norte e no Noroeste gaúcho, espera-se elevação da temperatura, marcas altas para junho à tarde e muito abafamento. Já do Centro para o Sul gaúcho a temperatura pouco variará no decorrer deste sábado, uma vez que a instabilidade se desloca para a região e atua no período da tarde.

Anúncios