Anúncios

O estado norte-americano da Califórnia está prestes a ser atingido por uma das mais potentes tempestades de sua história recente. Um ciclone sobre o Pacífico se intensificará rapidamente e se tornará um ciclone bomba na costa da Califórnia, trazendo inundações, deslizamentos de terra, ventos muito fortes, falta de energia e enormes quantidades de neve nas montanhas de Sierra Nevada.


A tempestade chegará poucos dias após as inundações mortais e a forte neve que atingiram a Califórnia no último fim de semana com saldo de três mortes e centenas de milhares de pessoas se energia elétrica. O solo está saturado ainda pela chuva excessiva da virada do ano e uma segunda tempestade agravará o perigo de inundações e deslizamentos fatais.

Um rio atmosférico, ou um enorme canal de umidade originado no Oceano Pacífico tropical, que se estende por cerca de quatro mil quilômetros, alimentará a forte precipitação. A configuração meteorológica deve levar a chuvas excessivas e inundações, bem como a uma queda de neve que pode interromper as viagens onde a atmosfera é fria o suficiente.


No caso, o evento é denominado de Pineapple Express, ou Expresso do Abacaxi, porque o canal de umidade que atinge a Califórnia se estenderá a partir do estado do Havaí, no meio do Pacífico. A soma de um enorme ciclone bomba com enorme aporte de umidade pelo Expresso do Abacaxi traz uma situação de grande perigo e risco de vida.

Os deslizamentos de terra estão entre os perigos que podem persistir por vários dias, mesmo após o fim da chuva. O que torna tudo pior é que o sistema se dá pouco depois que a tempestade anterior trouxe fortes chuvas e criou inundações significativas, aumentando os impactos e riscos que podem ocorrer.

A rápida intensificação da tempestade, em um processo conhecido como bombogênese, aumentará os perigos que ela representa, incluindo ventos fortes acompanhando a chuva forte a torrencial. Quando a pressão barométrica cai pelo menos 24 hPa em 24 horas, uma tempestade passou por bombogênese e os meteorologistas costumam se referir a esse tipo de sistema de fortalecimento como um ciclone bomba.

O rio atmosférico com muita chuva será inicialmente direcionado para o Norte da Califórnia nesta quarta-feira, para o centro do estado na quarta-feira à noite e depois para Sul da Califórnia na noite de quarta e em parte da quinta-feira.

Várias áreas enfrentam chuvas excessivas da ordem de 100 mm a 200 mm, mas podem se dar acumulados pontuais de até 300 mm. Chuvas com tais volumes dias após outro evento extremo de chuva vai criar condições muito perigosas de inundações e deslizamentos.

“Para simplificar, este provavelmente será um dos sistemas mais impactantes em escala generalizada que este meteorologista já viu há muito tempo”, escreveu um meteorologista do escritório da Baía de San Francisco do Serviço Nacional de Meteorologia dos Estados Unidos em uma discussão de prognóstico na segunda-feira.

“Os impactos incluirão inundações generalizadas, estradas desmoronando, desabamento de encostas, árvores derrubadas, falta de energia generalizada, interrupção imediata do comércio e, o pior de tudo, provável perda de vidas humanas. Este é realmente um sistema brutal que estamos olhando e precisa ser levado a sério”, escreveu.

Funcionários do Departamento de Obras Públicas de San Francisco carregam sacos de areia em um carro. Os moradores da cidade na Califórnia estão se preparando para uma grande tempestade de vento e chuva que deve atingir a área da baía de San Francisco nesta quarta-feira por um ciclone bomba. | JUSTIN SULLIVAN/GETTY IMAGES/AFP/METSUL METEOROLOGIA

Ordens de evacuação estavam em vigor desde ontem em partes do condado de Sacramento devido a estradas inundadas pela tempestade de fim de semana que atingiu o Norte e o Centro da Califórnia, causando falta de energia generalizada e a morte de pelo menos três pessoas.

A tempestade da véspera de Ano Novo fez com que o Centro de San Francisco experimentasse seu segundo dia mais chuvoso já registrado. O UC Berkeley Central Sierra Snow Lab, nas montanhas de Sierra Nevada, registrou quase 20 cm de neve em apenas uma hora em 31 de dezembro.

Alertas de tempestade de inverno, alertas de enchentes e alertas de vento forte estão em vigor para grande parte do Centro e norte da Califórnia, incluindo San Francisco, San Jose e Sacramento. Os ventos podem passar dos 100 km/h em partes da área da Baía de São Francisco, alerta o Serviço Meteorológico dos Estados Unidos (NWS).

O NWS está recomendando que as pessoas se inscrevam para alertas de emergência, façam “bolsas de viagem” caso sejam necessárias evacuações e se preparem para quedas de energia ou fechamento de estradas por vários dias.

Anúncios