Anúncios

Cadena 3

Enchentes na Argentina e Uruguai deixam desabrigados, inundam lavouras e cidades, e bloqueiam rodovias. A MetSul alertou que o Centro argentino e parte do Uruguai teriam chuva extrema com volumes acima de 300 mm em alguns pontos, o que se confirmou.

Na Argentina, as áreas que mais sofreram com a chuva extrema foram as províncias de Santa Fé, Entre Rios e de Córdoba. A chuva em muitos municípios somou entre 100 mm e 200 mm com marcas acima de 300 mm em alguns.


Com efeito, a cidade de Marcos Juárez, em Córdoba, registrou recorde na sexta-feira de altura de chuva em 24 horas de sua série histórica. O total em apenas 12 horas foi de 224,5 mm na cidade do Sudoeste de Córdoba. O recorde anterior era de 161,8 mm em 20 de fevereiro de 1977. Os volumes em 24h até 9h de sábado foram de 161 mm em Sauce Viejo, em Santa Fé, e de 132 mm em Paraná, província de Entre Rios. Com tais volumes, os transtornos foram inevitáveis com enchentes.

Enchentes no Uruguai

Os volumes de chuva foram muito altos também no Uruguai. Nesse sentido, os maiores registros em 24h até 7h da manhã do Instituto de Meteorologia do Uruguai na sexta foram de 112,8 mm na cidade de Nueva Palmira e 98 mm em Nueva Helvécia. No sábado, 116 mm em Curtina (Tacuarembó) e 104 mm em Paso de Los Cuadrados, no mesmo departamento.

“Choveu como poucas vezes se viu”, diz o jornal uruguaio El Telégrafo em manchete

Então, o Uruguai teve muita chuva ontem e isso se reflete nos dados de hoje. O boletim deste domingo dos mais altos volumes em 24h até 7h foram apontou 197 mm em Achar (Tacuarembó), 187 mm em Peralta (Tacuarembó), 185 mm em Fraile Muerto (Cerro Largo), 182 mm em La Paloma (Durazno), 172 mm em San Gregorio (Tacuarembó) e Guichón (Paysandu), 170 mm em Cerro de las Cuentas (Cerro Largo), 168 mm em Islã Patrulla (Treinta y Tres), 165 mm em José Varella (Lavalleja), e 160 mm em Tupambé (Cerro Largo).

Lucía Otero

A chuva muito volumosa provocou cortes de rodovias por inundações em diversos departamentos. De acordo com informações da imprensa uruguaia, as águas cobriram as rutas em locais como Soriano e Paysandú.


Por fim, o ciclone extratropical ainda traz nuvens e chuva localmente forte neste domingo. É o que se prevê no Norte e Leste da província de Buenos Aires, na Argentina, assim como para o Sul e o Leste do Uruguai. A partir de amanhã, com ar mais seco e frio, o tempo firme passa a predominar com dias de sol e noites mais frias.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

Anúncios