Anúncios

Um cometa recém descoberto pela comunidade astronômica foi fotografado nesta semana a partir do Litoral Norte gaúcho. O registro foi feito pelo fotógrafo Gabriel Zaparolli que montou os seus equipamentos no Morro das Furnas, em Torres. 

O C/2020 S3 Erasmus foi descoberto muito recentemente,, em 17 de setembro de 2020, por Nicolas Erasmus que pertence à equipe do Projeto ATLAS-MLO de Mauna Loa, no Havaí. 

O cometa Erasmus leva 1.900 anos para orbitar ao redor do Sol e agora é visto fazendo seu caminho de volta através do sistema solar. O cometa é vagamente visível no céu noturno, pouco antes do amanhecer. Os astrônomos preveem que será mais visível em 12 de dezembro, quando mergulhar na órbita de Mercúrio, o planeta mais próximo do sol. Em seguida, ele oscilará de volta em sua jornada, para não ser visto por quase 2.000 anos, logo a chance de observá-lo é única na vida.

Erasmus provavelmente se originou no distante “halo” de poeira, gelo e corpos cometários chamados de Nuvem de Oort, que envolve nosso sistema solar e se estende até a metade do caminho até a estrela mais próxima.

A expectativa é que a sonda SOHO (Solar Heliospheric Observatory) da NASA (EUA) e ESA (Europa) seja capaz de captar o cometa enquanto ele se aproxima do Sol, cruzando o campo de visão do instrumento LASCO C2 a bordo do telescópio espacial, entre os dias 18 a 31 de dezembro. Com isso, os cientistas terão a oportunidade de descobrir mais sobre este novo cometa.

Anúncios