Anúncios

Paul Dellegato/Fox 13/Reprodução

O Coelho de Páscoa não apareceu hoje apenas nos milhões de lares do Brasil e no resto do mundo. O coelho também foi visto no céu. É a nuvem, a título de brincadeira, Cumulus coelhus.

O coelho de Páscoa e a nuvem

A ciência tem uma explicação para o fato de darmos sentido ou forma a objetos inanimados ou percepções visuais sem qualquer relação com o que se enxerga. Caso, por exemplo, da nuvem que lembra o coelho. 


Então, é um fenômeno que se chama da pareidolia. É o mesmo que faz a gente ver animais ou objetos nos formatos das nuvens no céu ou uma figura divina numa mancha na parede.

A ciência da Pareidolia 

Uma pesquisa da Universidade de New South Wales (UNSW) – Sydney mostrou que processamos as imagens das figura, por exemplo dos coelho,  usando os mesmos mecanismos visuais do cérebro que fazemos para as reais. 

Com efeito, em artigo o pesquisador principal Dr. Colin Palmer afirma que ver rostos ou figuras em objetos do cotidiano é muito comum. Recorda dos muitos memes e páginas da web dedicadas a ele na internet.


“Páginas em sites como Flickr e Reddit acumularam milhares de fotografias de objetos do cotidiano que se parecem com rostos”, diz ele.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

Uma feliz Páscoa a todos com saúde e repleta de esperança de dias melhores. 

Anúncios