Anúncios

Chuva deve vir acompanhada de raios e trovoadas em diversos municípios principalmente entre a tarde e a noite da sexta e as primeiras horas do sábado | SANDRO MULLER/ARQUIVO

A semana vai terminar com chuva no Sul do Brasil. O tempo já começa a mudar hoje e chove ainda nesta quinta-feira em algumas regiões, embora o feriado seja de sol em grande número de cidades. Amanhã, a instabilidade se generaliza e chove na maior parte do Sul do país e de forma mais ampla no Rio Grande do Sul.

O sol aparece com nuvens no Rio Grande do Sul neste feriado, contudo com aumento da cobertura de nebulosidade no decorrer do dia. O tempo se instabiliza com chuva em vários pontos da Metade Norte com a instabilidade afetando mais da tarde para a noite pontos do Noroeste e do Norte gaúcho. No Sul e na Campanha, chance de chuva isolada.


Amanhã, o sol aparece com nuvens na maioria das regiões gaúchas, mas no começo do dia ainda pode ter chuva em pontos próximos da divisa com Santa Catarina, no Noroeste e no Norte do Estado.  Da tarde para a noite, a nebulosidade aumenta muito e chove em todas as regiões com o avanço de instabilidade do Oeste para o Leste no território gaúcho. A chuva atinge também diversos pontos de Santa Catarina e parte do território paranaense.

No sábado, o tempo melhora no Rio Grande do Sul, mas parte do dia ainda pode ter chuva em pontos do Nordeste do Estado enquanto nas demais regiões o sol aparece com nuvens. A instabilidade afetará ainda algumas áreas de Santa Catarina e vários pontos do Paraná à medida que se desloca para Norte e Nordeste.


O período de maior instabilidade será entre a tarde e noite desta sexta e as primeiras horas do sábado, quando nuvens carregadas vão se deslocar pelo Sul do Brasil com chuva em diversos pontos. Projeções de refletividade dos modelos, como o WRF da MetSul, mostram que em alguns pontos isolados a chuva pode ser forte e com risco de temporal.

Risco de temporais

Não se antecipa um cenário de tempo severo generalizado e ocorrências eventuais de tempo severo serão bastante localizadas e em poucos municípios, mas um dos riscos é o registro de granizo em pontos isolados no deslocamento da instabilidade pelo Rio Grande do Sul e Santa Catarina na segunda metade da sexta e no começo do sábado.

A chuva deve vir acompanhada ainda de trovoadas em muitas cidades, entretanto a previsão é que o número de raios no evento de instabilidade não seja muito alto. Raios são prognosticados para os três estados do Sul. No Paraguai e no Sul do Mato Grosso do Sul é que podem ocorrer muitas descargas elétricas por conta das nuvens de chuva e temporal.

Volumes de chuva

Mantém-se a projeção de que os maiores volumes de chuva devem se concentrar no Médio Uruguai (região de Iraí), no Oeste de Santa Catarina e no Sudoeste e no Sul do Paraná. Nestas áreas, os acumulados de precipitação podem atingir marcas em vários pontos acima de 50 mm entre hoje e sábado com volumes localizados mesmo próximos ou acima de 100 mm. Na maior parte do Rio Grande do Sul, os acumulados devem ser baixos.

Anúncios