Anúncios

Ruas viraram rios com “dilúvio” em Cachoeira do Sul durante temporal de verão | REDES SOCIAIS

Fortes temporais atingiram entre e a tarde e o começo da noite desta sexta-feira diversas regiões do Rio Grande do Sul com chuva localmente forte a extrema, vendavais e ainda queda de granizo de variado tamanho. Há registros de estragos em diversos municípios.

Um dos municípios mais atingidos pelos temporais das últimas horas foi São Francisco de Assis, no Centro do estado. A cidade foi assolada por uma tempestade severa de vento e granizo grande com diversos danos na área urbana.


O telhado do depósito de um supermercado foi arrancado com a força do vento e a chuva atingiu as mercadorias. A cobertura de um posto de combustíveis cedeu com a força do temporal. A prefeitura ainda não divulgou balanço dos estragos.

O temporal no Centro gaúcho também castigou Santa Maria com queda de árvores em diversos pontos da cidade universitária, como nas imediações da rodoviária. De acordo com a Defesa Civil de Santa Maria, o vendaval destelhou várias casas. O temporal gerou ainda falta de luz em diferentes pontos do município.


Outra cidade que foi atingida por forte temporal foi São Sepé. O vendaval provocou a queda de árvores em diferentes pontos da cidade, destelhamento de residência e o desabamento da cobertura de um posto de combustíveis, sem deixar feridos.

Vendaval causou estragos em São Sepé | JG NEWS

Também no Centro gaúcho, episódio localizado de chuva extraordinária foi registrado na cidade de Cachoeira do Sul por volta das 18h30. O jornal local O Correio descreveu a chuva como “descomunal”. Houve medições de populares de até 150 mm em meia hora. Estações meteorológicas no município registraram entre 5 mm e 30 mm, ou seja, foi um evento de chuva extrema isolado, típico de verão.

Na Rua Sete de Setembro, carros ficaram totalmente debaixo d’água. Alguns veículos chegaram a ser arrastados pela correnteza. A água da enxurrada invadiu várias lojas no Centro da cidade. Houve ainda desabamento de estruturas e queda de muros. No interior, conforme o jornal O Correio, houve queda de granizo. Casas, galpões e plantações teriam sofrido danos e prejuízos.

 

Os temporais já eram esperados. A MetSul Meteorologia emitiu alerta de chuva intensa localizada, granizo e vendavais hoje no Rio Grande do Sul ainda no final da madrugada e reforçou a advertência em novo alerta no meio da tarde.

Os temporais se formaram numa atmosfera quente e úmida com acentuada convecção. O ar mais quente e, portanto, mais leve ascende na atmosfera e, com a umidade, forma nuvens de grande desenvolvimento vertical que são capazes de gerar chuva forte e temporais. A tarde foi muito quente e abafada no Rio Grande do Sul. A temperatura passou de 35ºC em cidades do Noroeste e dos vales, inclusive no setor Norte da Grande Porto Alegre.

Massa de ar quente e úmido atua no Rio Grande do Sul neste sábado. A atmosfera, assim, segue instável. Embora o sol apareça com nuvens em diferentes pontos do estado, o dia terá períodos de maior nebulosidade com chance de chuva, que será irregular. Já chove na madrugada e de manhã em alguns pontos, mas a instabilidade alcança mais locais do território gaúcho da tarde para a noite.

Na segunda metade do dia, pancadas localizadas típicas de verão atingem a maioria das regiões com chuva em maior número de pontos na Metade Norte. Há risco de chuva localmente forte e de temporais muito isolados. No Oeste e no Sul, precipitação muito mais isolada neste sábado. Apesar de não aquecer tanto quanto ontem, o dia é quente e abafado pela umidade alta.

A MetSul Meteorologia está nos canais do WhatsApp. Inscreva-se aqui para ter acesso ao canal no aplicativo de mensagens e receber as previsões, alertas e informações sobre o que de mais importante ocorre no tempo e clima do Brasil e no mundo, com dados e informações exclusivos do nosso time de meteorologistas.

Anúncios