Anúncios

Vento acima de 100 km/h no Sul do Brasil e calor intenso em parte da região nesta segunda-feira são consequência de uma corrente de jato intensa em baixos níveis da atmosfera que traz ar muito quente que fornece a energia para a formação de nuvens de tempestades que provocam muita chuva, grande quantidade de raios e temporais de granizo até grande entre o Nordeste da Argentina, o Uruguai e o Rio Grande do Sul.

Corrente de jato em baixos níveis da atmosfera com ar seco e muito quente se estende da Bolívia até o Sul do Brasil | MetSul

A corrente de jato em baixos níveis é um corredor de vento a cerca de 1.500 metros de altitude que se origina na Bolívia e vem até o Sul do Brasil e o Uruguai, transportando ar muito quente do Brasil Central para as latitudes médias do continente. A sua atuação proporciona forte elevação da temperatura e vento muito forte do quadrante Norte em superfície, especialmente em pontos de maior altitude.


De acordo com dados de estações meteorológicas da Epagri-Ciram, as rajadas de vento entre a madrugada e a manhã desta segunda-feira atingiram 60 km/h em Chapecó, 83 km/h em Água Doce, 91 km/h em Urupema e 105 km/h no Morro da Igreja, entre Urubici e Bom Jardim da Serra. No Paraná, o aeroporto de Foz do Iguaçu estava com rajadas perto dos 60 km/h ao meio-dia, o que se repetia nos aeroportos de Cascavel e Toledo. Assunção, no Paraguai, da mesma forma está com forte vento Norte quente e seco com rajadas próximas aos 60 km/h.

A temperatura durante a manhã chegou a 35ºC ou valores próximos em diversos pontos do Oeste e do Meio-Oeste de Santa Catarina em localidades como Itapiranga, Caibi, Piratuba e Ouro. No Paranã, pelas redes da FAB, Inmet e Simepar, o calor é intenso no Oeste. Ao meio-dia, os termômetros indicavam 37ºC em Palotina, 36ºC em Marechal Cândido Rondon, Assis Chateaubriand e Loanda, 35ºC em São Miguel do Iguaçu, 34ºC em Toledo e Santa Helena, e 33ºC em Foz do Iguaçu. No Paraguai, Assunção estava com 37ºC ao meio-dia. Já no Rio Grande do Sul, em áreas do Noroeste que tiveram aberturas de sol com o ar seco e quente da corrente de jato, a temperatura até o meio-dia chegou 34ºC em Santa Rosa e 36ºC em Porto Xavier.

Com a atuação da corrente de jato em baixos níveis, a previsão é de temperatura muito alta e vento Norte forte a intenso ainda nas próximas horas em pontos da Fronteira Oeste, do Noroeste e do Norte no Rio Grande do Sul, e em Santa Catarina e no Paraná, especialmente mais a Oeste dos dois estados. As rajadas podem provocar transtornos como falta de luz e alguns destelhamentos.


Com uma corrente de jato em baixos níveis intensa atuando no Sul do Brasil e a perspectiva de uma frente fria avançar sobre a região no final do dia de hoje pelo Oeste gaúcho e amanhã em muitas áreas do Rio Grande do Sul e parte de Santa Catarina, preocupa a possibilidade de que ocorram tornados.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

A interação da corrente de jato com a frente fria gerará cisalhamento (perfil divergente de vento) propício à atividade tornádica. O risco é maior nestas áreas com tempo seco e quente como a Fronteira Oeste, o Noroeste  e Norte gaúcho, além de áreas mais a Oeste de Santa Catarina e do Paraná.

Anúncios