Anúncios

A Patagônia enfrenta neste domingo um violento temporal de vento que começou ainda durante a manhã e que ganhou intensidade a partir do final da tarde e o começo da noite de hoje. As rajadas são extremamente fortes e causam estragos na região. Meteorologistas da Argentina ouvidos pela MetSul dizem que em algumas cidades é o pior episódio de vento em vários anos com rajadas de até 180 km/h.

A cidade mais atingida é a de Comodoro Rivadavia, na província de Chubut. As rajadas são muito intensas e com força destrutiva por mais de doze horas seguidas. No final da tarde deste domingo, o aeroporto local registrou a rajada mais forte do dia até agora com 73 nós ou 135 km/h.

Comodoro Rivadavia vive desde cedo um domingo caótico em decorrência da tempestade de vento e está sob um alerta laranja do Serviço Meteorológico Nacional da Argentina. Houve queda de árvores e postes na cidade, além de destelhamentos.

A cena mais impressionante foi a do desabamento parcial com destelhamento da cobertura do hipermercado Walmart no bairro de Pueyrredón. A loja teve que ser evacuada pelo risco de segurança. Partidas de futebol na região foram canceladas assim como aulas e transporte público.

A Defesa Civil da província de Chubut informou que as estradas da província estavam cortadas a partir do fim da tarde deste domingo como medida de proteção em consequência do alerta laranja. Por meio de comunicado, as autoridades informaram que o tráfego não está permitido até 7h de segunda-feira “de forma preventiva nas Rutas Nacionais n.º 40 e 3”.


Um centro de baixa pressão muito aprofundo atua ao Sul de Magallanes (Chile) e a Terra do Fogo (Argentina), entre a Antártida e o extremo Sul da América do Sul, trazendo valores muito baixos de pressão atmosférica na Patagônia. A pressão atmosférica em Comodoro Rivadavia estava no aeroporto em 983 hPa no final da tarde deste domingo.

Trata-se de uma situação local e que não representa risco para outras partes da Argentina e tampouco representa qualquer risco para o Rio Grande do Sul que terá uma sequência de dias de sol nos próximos dias com vento por vezes moderado e com rajadas da tarde para a noite, como é típico nesta época do ano pelo contraste entre ar frio na costa e aquecimento durante o dia no continente.

Anúncios