Anúncios

Temporais, como era previsto, atingiram diversas regiões gaúchas ao longo da segunda-feira. A forte instabilidade ingressou pela fronteira com a Argentina ainda no começo do dia. Uruguaiana teve vendaval com rajadas de 111 km/h no final da madrugada, o que derrubou árvores na cidade.


Ao meio-dia, a instabilidade atingia o Centro do Estado. As rajadas de vento também provocaram queda de árvores em Nova Palma e Santa Maria. Às três e meia da tarde era a vez da Capital. O céu escureceu na cidade (foto de Alexandre Pinto) e veio um forte vento com rajadas no aeroporto de 85 km/h, mas que devem ter sido mais fortes em outros pontos.

Vidros estouraram em prédios e postes caíram. Na vizinha Canoas, as rajadas de vento chegaram a 101,9 km/h na base aérea e igualmente houve danos.

No fim da tarde, temporais isolados afetaram a Metade Norte gaúcha com destelhamentos em Cruz Alta.

Como a MetSul alertou ontem, a semana toda será marcada por episódios de tempestades, afetando mais uma região ou outra, conforme o dia. Como ontem, alguns temporais serão fortes e trarão danos.


Hoje e no começo da quarta-feira, o grande risco de tempo severo deverá se concentrar no Sul e principalmente no Oeste do Estado, onde são esperados volumes localmente muito elevados de chuva e temporais localizados com risco de vento forte e granizo.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios