Anúncios

A sexta-feira começou com um espetáculo celestial. O mais longo eclipse parcial lunar desde o século 15 observado no planeta. Perdeu? Não conseguiu ver? Nossos colaboradores vararam a madrugada e conseguiram registrar o eclipse pelas suas lentes.

O evento celestial aconteceu quando a Lua passou pela sombra da Terra, projetada pela luz do sol. Segundo a NASA, quase todo o satélite ficou encoberto pela sombra terrestre. Durante fenômenos como esse, a Lua tende a ganhar uma coloração avermelhada, devido ao desvio da luz do Sol ao passar pela atmosfera da Terra e ao ser refletida na superfície da Lua.


Se na maior parte do Brasil o fenômeno não pôde ser observado em razão das nuvens, o ar seco e frio que derrubou a temperatura abaixo de 10ºC na região permitiu a visualização do eclipse lunar na madrugada de hoje na fronteira com o Uruguai. Em Santana do Livramento (RS), o fotógrafo Anderson Alves fez imagens da Lua sob eclipse ainda durante a madrugada.

Anderson Alves

Anderson Alves

Também na cidade da fronteira com Rivera (Uruguai), o fotojornalista Fabian Ribeiro registrou com suas lentes o eclipse lunar parcial mais longo desde o ano de 1440 visto no céu claro do final da madrugada e do amanhecer em Livramento.

Fabian Ribeiro

Fabian Ribeiro

A sequência de imagens de Fabian Ribeiro mostra como foi a evolução do eclipse lunar parcial observado na fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai e que chamou a atenção de acordou cedo e atentou para o que ocorria no céu.

Fabian Ribeiro

Foi o eclipse lunar parcial mais longo em um milênio, marcando 3 horas, 28 minutos e 23 segundos. A informação está em publicação da NASA. Não houve um eclipse lunar parcial mais longo desde 18 de fevereiro de 1440 (3 horas, 28 minutos, 46 segundos) e permanecerá o eclipse lunar parcial mais longo por 648 anos até 8 de fevereiro de 2669 (3 horas, 30 minutos e 2 segundos). Haverá um eclipse lunar total longo em 8 de novembro de 2022.

Eclipse lunar parcial de 18 de fevereiro de 1440: 3:28:46

Eclipse lunar parcial de 18/19 de novembro de 2021: 3:28:23

Eclipse lunar parcial de 8 de fevereiro de 2669, 3:30:02


Por que esse eclipse foi tão longo?

Este é um longo eclipse por duas razões principais: 1) a velocidade orbital da Lua e 2) a quase totalidade do eclipse. Primeiro, a órbita da Lua em torno da Terra não é um círculo perfeito e a Terra está fora do centro dentro da órbita, então às vezes a Lua está mais perto da Terra e às vezes está mais longe.

Esta mudança na distância afeta a velocidade orbital da Lua. Mais perto da Terra, a Lua se move mais rápido, enquanto mais longe ela viaja mais devagar. No momento, a Lua está perto de seu ponto mais distante em sua órbita ao redor da Terra e, portanto, se move lentamente através da sombra da Terra.

Anúncios