Anúncios

Hoje, amanhã e quarta vão ser dias ainda de calor muito intenso a extremo com marcas ao redor ou acima de 40ºC no Rio Grande do Sul. Entre quinta e sábado, com o avanço de uma massa de ar frio de Sul que certamente vai ser comemorada, a temperatura despenca para valores agradáveis. Por conta do ar mais frio, que atua com mais força na sexta, o tempo se tornará ventoso. Entre hoje e quarta persiste o risco de temporais em pontos isolados, ocasionalmente fortes e com danos em setores localizados. Quinta deve registrar instabilidade mais generalizada, mas com chuva irregular. Haverá precipitações fortes a intensa com altos volumes em alguns locais e de baixos acumulados em outros. Na sexta, a instabilidade tende a se concentrar na Metade Norte. O período mais aproveitável da semana na orla, assim, nesta semana será entre hoje e quarta.



Bonito fim de tarde com nuvens carregadas e raios crepusculares ontem em Capão da Canoa – Alexandre Porto



Iridescência foi observada nas nuvens no abafado final da tarde de domingo em Novo Hamburgo – Augusto Feyh


Entardecer com raios crepusculares e sombras no céu em Nova Petrópolis, na Serra – Roger Marx/Rádio Imperial

O fim de semana teve muito calor no Estado com máximas acima de 42ºC no Noroeste tanto no sábado como ontem. No sábado, o índice de calor (sensação) atingiu 55ºC em Pelotas. No domingo, oitavo dia seguido com máximas na casa dos 40ºC no Rio Grande do Sul, os termômetros no Estado marcaram 42,9ºC em Santa Rosa, 41,5ºC em Santa Cruz do Sul, 40,7ºC em Teutônia, 40,4ºC em Campo Bom e 40ºC na Base Aérea de Canoas. Porto Alegre teve 39,3ºC na zona Norte. De novo, houve temporais isolados com estragos, falta de luz e água. A segunda-feira está servindo para a população de Jacutinga, na região do Alto Uruguai, a 30 quilômetros de Erechim, para recuperar os estragos deixados por forte vendaval do início da noite de ontem. Na manhã desta segunda-feira, o prefeito decretou situação de emergência no município. Segundo ele, uma nuvem muito pequena anunciava a chuva. “Já tinha até passado, mas na divisa com o município de Quatro Irmãos, retornou e provocou uma espécie de tornado”, disse. Cerca de 100 casas, lojas e prédios públicos foram atingidos com destelhamentos. Em Porto Xavier, no Noroeste, o forte vento virou um barco. Uma mulher morreu e outras duas pessoas estão desaparecidas.


Enorme Cb (nuvem desenvolvida de temporal) visto de Novo Hamburgo no começo da noite de ontem – Suzana Pires


Chegada do temporal passageiro de verão no começo da noite de ontem na cidade de Ivoti – Larissa Limeira

O fim de semana foi de temporais isolados também no Uruguai. O caso mais grave se deu no departamento de Rocha, onde na região entre La Paloma e o Chuí houve uma morte e estragos. Punta del Diablo foi castigada pelo mau tempo. Alguns pontos da região chegaram a ter chuva de 175 mm em apenas poucas horas.


Chegada do temporal à localidade de San Carlos, no departamento uruguaio de Maldonado – Lola Nieves Frade


Cidade de Aceguá, na fronteira do Uruguai com o Rio Grande do Sul, registrou muito raios – Mauricio Rodriguez


Outra localidade que teve forte tormenta elétrica no Uruguai sábado à noite foi Rocha, no Leste – Federico Lorenzo

Entre hoje (10) e quarta (12/2) o tempo estará instável no Uruguai com períodos de melhora temporária. Amanhã (11) se espera a chuva mais forte no país, sobretudo em departamentos do Sul. Na quarta, a chuva é mais ampla no território uruguaio. Segue o alerta de tormentas com chuva intensa, vento e granizo, em vários departamentos, com o deslocamento de uma frente fria entre amanhã (11) e quarta (12). Entre quinta (13) e sexta (14) ingressa uma forte massa de ar frio para fevereiro e que vai derrubar a temperatura com o retorno do sol por um período mais prolongado e sob temperatura menor.

Anúncios