Anúncios

Quantos tornados ocorrem no meio do campo Rio Grande do Sul afora sem que se tome conhecimento ou se faça ideia da sua ocorrência. Notoriamente, este tipo de fenômeno somente chega ao conhecimento da Meteorologia aqui no Estado quando atinge uma área urbana ou é registrado por fotografia numa área remota e despovoada. É o caso do dia 17 de janeiro último, quando o colaborador Anderson Juliano Schlosser fotografou tornado entre Encruzilhada do Sul e Pantano Grande durante voo de Mostardas para Santa Cruz do Sul. As imagens chegaram à MetSul nesta semana, permitindo a confirmação do evento.


São nítidas nas fotos a coluna do tornado assim como a nuvem de detritos em superfície, evidenciando que o funil tocou terra. A imagem de satélite daquele dia mostrava nuvens de grande desenvolvimento vertical no Centro do Estado, capazes de gerar fenômenos severos como tornado, inclusive na área descrita (em destaque) entre Pantano Grande e Encruzilhada do Sul. A atmosfera na data estava quente e úmida com máxima de 34,2ºC no Jardim Botânico, em Porto Alegre.



O último tornado confirmado no Estado tinha ocorrido em 28 de julho de 2012, em Santa Bárbara do Sul. À época, a MetSul publicou análise (leia mais) em que classificou o tornado como um F2 na escala Fujita com vento ao redor dos 200 km/h.

Anúncios