Anúncios

Temporais atingiram diversas províncias argentinas ontem e nas últimas horas, causando estragos. Houve tempestades com chuva intensa, granizo e vendavais destrutivos. Uma das áreas mais castigadas foi a de Vera, na província de Santa Fé, no Centro do país, com forte vendaval que causou destelhamentos e queda de árvores.

Mais ao Norte, em Corrientes, província que faz fronteira com o Oeste do Rio Grande do Sul, houve chuva forte a intensa com altos volumes e alagamentos. Já na província de Santiago del Estero, no Norte do país, o vento com rajadas de até 150 km/h trouxe destruição na localidade de Cuatro Bocas com muitos destelhamentos e graves danos em estruturas

Por que tantos temporais na Argentina? Ar quente, muito úmido e instável tem atuado nestes dias do Centro para o Norte do país, o que contribui para a formação freqüentes de áreas de instabilidade, o que explica a chuva volumosa registrada no Oeste e no Noroeste do Rio Grande do Sul, além do Oeste de Santa Catarina. O ar muito muito instável traz a formação de sistemas convectivos de mesoescala, aglomerados de nuvens carregadas, que são responsáveis por estes

O risco de temporais segue no Sul do Brasil nesta semana, concentrando-se no Noroeste e Norte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e o Paraná. A instabilidade deve ser maior principalmente entre quarta e sexta-feira nestas áreas com chuva localmente forte a intensa e temporais isolados de vento e granizo.

Anúncios