Anúncios

Fernando Oliveira/Arquivo

O que se viu no Rio Grande do Sul durante este fim de semana será a tônica até o final do mês. A MetSul Meteorologia antecipa que o tempo não vai firmar no Estado antes do fim de março e que a instabilidade vai ser muito quente freqüente no território gaúcho no restante do mês. 

Com efeito, a tendência, segundo os dados analisados pela MetSul, é que chova todos os dias no Rio Grande do Sul até o fim de março. 


É importante esclarecer que isso não significa que em determinada cidade, como, por exemplo, Porto Alegre ou Itaqui, se registre precipitação diariamente até o fim de março. A tendência é válida para o Estado. 

Da mesma forma não se deve esperar tempo permanentemente chuvoso. No restante deste mês, apesar de períodos de instabilidade muito freqüentes, haverá momentos em que o sol aparece com nuvens em intervalos entre a instabilidade. Dependendo do local, estes intervalos sem chuva serão mais ou menos longos. 

O quadro de instabilidade mais persistente no restante deste mês será favorecido pela presença de ar quente e úmido no Estado, gerando nuvens de chuva diariamente. 

Por isso, a tendência é que em diversas regiões os acumulados de chuva nos próximos sete a dez dias sejam altos com marcas próximas ou acima de 100 mm com marcas até superiores a 150 mm em alguns pontos. 


O mapa acima mostra a projeção de chuva do modelo canadense até o dia 31 deste mês e está disponível ao assinante na seção de mapas com duas atualizações diárias. 

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

Por fim, temporais isolados poderão acompanhar a chuva em alguns dias, mas no geral a instabilidade se limitará mais ao registro de chuva. 

Anúncios